Notícia

Anvisa proíbe tintura para cabelo e óleo de Argan

Por falsificação, a Anvisa proibiu 4 lotes de tintura Color Premium Creme Colorante Smart Extreme. Também foi proibida a venda do óleo Argan Oil, da Jhor's

Segundo informações da Anvisa, a Coferly Cosmética Ltda, fabricante da tintura Color Premium Creme Colorante Smart Extreme, identificou a venda de cosméticos falsificados que utilizavam informações de seus produtos
Segundo informações da Anvisa, a Coferly Cosmética Ltda, fabricante da tintura Color Premium Creme Colorante Smart Extreme, identificou a venda de cosméticos falsificados que utilizavam informações de seus produtos
Foto: Getty Images

Nesta segunda-feira, a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) proibiu a venda de quatro lotes de tintura para cabelo Color Premium Creme Colorante Smart Extreme, da empresa Coferly Cosmética Ltda. De acordo com a resolução, publicada no Diário Oficial da União, a medida foi tomada após a confirmação de fraude dos produtos em questão.

Segundo informações da Anvisa, a Coferly Cosmética Ltda, fabricante da tintura Color Premium Creme Colorante Smart Extreme, identificou quatro lotes do produto com características divergentes das que constam na embalagem original, o que configura falsificação.

Os lotes que tiveram a apreensão determinada pela Anvisa foram:

Foto: Divulgação

ÓLEO DE ARGAN

Além das tinturas para cabelo, A Anvisa determinou a proibição de todos os lotes do produto Argan Oil, da marca Jhor’s. Segundo a resolução, o produto fabricado pela empresa Antonia Lóide Palmiero Martins era comercializado sem registro sanitário e deve ser recolhido do mercado.

Até o fechamento dessa matéria, a reportagem não conseguiu contato com nenhum representante da empresa Antonia Lóide Palmiero Martins.

Ver comentários