Notícia

Sinapse da Inovação recebe 1272 ideias de todo o Espírito Santo

Na última semana foram encerradas as inscrições para o projeto e, no total, 1272 ideias inovadoras foram submetidas à avaliação e mais de 5 mil empreendedores foram capacitados na primeira fase do programa

Internet, tecnologia
Internet, tecnologia
Pixabay

Em janeiro deste ano, o quadro CBN Inovação trouxe detalhes de projetos de incentivo ao empreendedorismo que veem ganhando cada vez mais força no país. Um desses exemplos era o o Sinapse da Inovação, um programa de incentivo ao empreendedorismo inovador que oferece recursos financeiros, capacitações e suporte para transformar ideias inovadoras em empreendimentos de sucesso.

Agora, em julho deste ano, o comentarista Evandro Millet retoma as conversas sobre o assunto já com novidades do Sinapse. Na última semana foram encerradas as inscrições para o projeto e, no total, 1272 ideias inovadoras foram submetidas à avaliação e mais de 5 mil empreendedores foram capacitados na primeira fase do programa. Este foi o segundo maior número de ideias submetidas da história do Sinapse da Inovação no país, desde sua criação em 2008, em Santa Catarina.

Participa desta conversa o diretor presidente da Fundação de Amparo à Pesquisa e Inovação do Espírito Santo – FAPES, José Antônio Bof Buffon. "As ideais vieram de 57 municípios capixabas (1008 são da região Metropolitana, 78 da região Norte, 118 do Sul, e 68 da região Central). As cidades com maior número de ideias selecionadas foram Vitória (374 ideias), Vila Velha (315), Serra (169), Cariacica (82) e Cachoeiro de Itapemirim (57)", disse.

Ele explicou que as ideias apresentadas são referentes à área temática de Tecnologia Social; de Tecnologia da Informação e Comunicação (TIC) e Gestão. Automação (10,8%), Eletroeletrônica (8%), Química e Materiais (7,5%), Biotecnologia (6,8%) e Nanotecnologia (0,3%). Quanto aos setores de aplicação das ideias, a maior parte é de TIC (438), Economia Criativa (381), Saúde e Bem-estar (360), Meio Ambiente (302) e Educação (281).

Ouça as explicações na conversa completa: