Notícia

Fila de espera por cirurgia pediátrica pode levar anos no ES

1.783 crianças aguardam por correção de estrabismo e retirada das amígdalas, entre outras.

O Espírito Santo tem 1.783 crianças na fila de espera por uma cirurgia eletiva. Esses procedimentos são aqueles em que o paciente tem a necessidade de fazer, mas que ainda não são urgentes ou de emergência, como correção de estrabismo, otite e a retirada das amígdalas. De acordo com números das Sociedade Brasileira de Pediatria, cerca de 70 mil crianças estão nesse tipo de fila de cirurgia em todo o Brasil. No quadro CBN Políticas Públicas desta quinta-feira (14), o professor Roberto Simões comenta o assunto.

 

Ver comentários