Notícia

Inadimplente brasileiro deve três vezes o salário, aponta pesquisa

Uma pesquisa da empresa de recuperação de crédito Recovery, feita pelo Data Popular, mostra que hoje o brasileiro inadimplente deve, em média, três vezes o que ganha e, em alguns casos, acumula até 20 dívidas diferentes

Uma pesquisa da empresa de recuperação de crédito Recovery, feita pelo Data Popular, mostra que hoje o brasileiro inadimplente deve, em média, três vezes o que ganha e, em alguns casos, acumula até 20 dívidas diferentes.

A maior parte das dívidas foi feita nos últimos três anos - período que coincide com o agravamento da crise econômica. Apesar dessa relação muito próxima e constante de dívida, o brasileiro não sabe quanto deve (36% dos entrevistados não sabem o tamanho da dívida). A falta de conhecimento financeiro não é compatível com o perfil de educação dos pesquisados, 40% tem ensino superior e 47 ensino médio.

Isto é, educação formal não implica em conhecimento financeiro. Além disso, o brasileiro tem em média 3,1 dívida per capta, com dívidas com cerca de 2,26 anos. Em média, o valor das dívidas soma R$ 8.372,23. Isto é, em média o brasileiro deve três vezes o que ganha. Saiba mais detalhes da pesquisa numa entrevista junto a Mauricio Teramoto, Diretor de Gestão do Varejo. Acompanhe a entrevista completa ao CBN Cotidiano:

Serviço:

. Falta de conhecimento financeiro é comum independente do nível de escolaridade, com 36% dos endividados desconhecendo o valor total da dívida:

· Em média o brasileiro deve três vezes o que ganha;

· São 3,1 dívida per capta, com cerca de 2,26 anos;

· Educação formal não implica em conhecimento financeiro (87% dos entrevistados tem ensino médio ou superior);

· O Brasileiro deve até para o comércio informal (fiado) (8% dos entrevistados);

· Falta de renda e alto número de dívidas, obrigada o brasileiro a priorizar o pagamento das dívidas;

· Escolha do que pagar não leva em conta juros;

· Renegociação das dívidas acontece para permitir retomar o consumo. Isto é, o brasileiro tenta sair do sufoco para comprar mais.

Ver comentários