Notícia

O que falta para pouso na nova pista do aeroporto?

Em entrevista à CBN, Anac explica e detalha também modelo de concessão

Uma audiência pública vai debater, na próxima sexta-feira (15), em Vitória, o modelo de concessão do Aeroporto Eurico Salles. Após a realização das audiências públicas em Vitória e também em Brasília (18/6), Cuiabá (19/6) e Recife (21/6), as propostas seguem para análise e aprovação do Tribunal de Contas da União (TCU), no terceiro trimestre, para só então ser publicado o edital. Após a publicação, serão cerca de 100 dias para a realização do leilão, que tem previsão para acontecer em dezembro, na Bolsa de Valores de São Paulo. Nesta edição do CBN Vitória, o superintendente de Regulação Econômica de Aeroportos da Anac (Agência Nacional de Aviação Civil), Tiago Sousa Pereira, detalha o modelo de concessão que está sendo proposto para Vitória.

Em entrevista, a ANAC também explicou o que falta no Aeroporto de Vitória para que a nova pista funcione também para pouso. Segundo Tiago Sousa Pereira, há necessidade de instalação de um equipamento que vai atuar como indicador de percurso de aproximação com precisão. 

Ver comentários