Notícia

Areia da Curva da Jurema tem nível elevado de contaminação

O monitoramento é feito por pesquisadores da Católica de Vitória Centro Universitário

O monitoramento das areias das praias de Vitória e Vila Velha aponta para uma concentração de microrganismos que podem levar a doenças de pele e até gastroenterite, principalmente em crianças e idosos. O estudo, desenvolvido pela Católica de Vitória Centro Universitário, monitora as areias das praias desde 2014 e realiza a investigação de contaminação fecal. No estudo mais recente, o professor de microbiologia Marcus Covre, chama atenção para o nível elevado de microrganismos encontrados nas amostras coletadas na Curva da Jurema, em Vitória. 

Em Vitória

Camburi: Final da praia e Píer de Iemanjá, com elevada contaminação. Já próximo ao Hotel Aruan, níveis toleráveis.

Ilha do Boi: praia da Esquerda. Nível bom

Curva da Jurema: Nível mais elevado de microrganismos

Vila Velha

Praia da Costa: Na altura do Hotel Quality, próprio.

Praia de Itapõa: no local conhecido como Beverly Hills, também próprio.

Em entrevista à CBN Vitória,  o secretário de Meio Ambiente de Vitória, Luiz Emanuel Zouain, explicou que a prefeitura trabalha com a conscientização ambiental. Não há legislação que impeça a presença de animais na areia da praia, segundo ele. A administração municipal também está realizando um convênio com a faculdade para que estes estudos possam contribuir na melhoria da fiscalização.

Já a secretaria de Meio Ambiente de Vila Velha se manifestou apenas por nota. Informa que a extensão da praia dificulta uma análise mais detalhada e permanente da areia. Reconhece que é salutar que o meio acadêmico complemente o trabalho do poder público nessa área tão importante para a saúde pública. A Prefeitura esclarece ainda que aguarda o compartilhamento das análises para que os resultados sejam avaliados e, a partir daí, medidas e ações adequadas sejam tomadas pela municipalidade.

 

 

Ver comentários