Notícia

Moradores de Jardim Camburi reclamam de insegurança no bairro

Os principais crimes relatados por moradores e associação são contra o patrimônio

Jardim Camburi tem a maior população da Grande Vitória, com 39.157 habitantes
Jardim Camburi tem a maior população da Grande Vitória, com 39.157 habitantes
Foto: Arquivo

Mesmo com a 4ª Companhia do 1º Batalhão de Polícia Militar com sede em Jardim Camburi, moradores do bairro têm relatado medo e insegurança em várias ruas. O motivo principal é o fim do monitoramento pela Patrulha da Comunidade, que, segundo eles, não está mais presente como antes da paralisação da PM.

 

Segundo a Associação de Moradores de Jardim Camburi, os principais crimes são contra o patrimônio, como invasão de casas, roubos de carros e assaltos nas ruas.

A aposentada Maria Angélica Ferreira, explica que tem medo de sair nas ruas com objetos pessoais, por medo de assalto. “É você sair e não levar celular, não levar dinheiro a mais para pagar contas e outras coisas que a gente sempre vê por meio da imprensa”, acrescenta.

Segundo o presidente da Associação de Moradores de Jardim Camburi, Enock Sampaio Torres, a patrulha nas ruas trazia mais confiança aos moradores, que tinha contato com os policiais. “Era uma patrulha com viaturas imponentes, com telefones, só atendiam a região do bairro, só atendiam o Ciodes em casos extremos. E a população tinham mais contato com os policiais. Isso abaixou muito os crimes e a sensação de insegurança nas ruas”, explica.

A Secretaria Estadual de Segurança Pública (Sesp) foi demandada, mas até o fechamento desta reportagem não havia atendido.

Ver comentários