Notícia

Polícia Militar usará novo uniforme em 12 meses

O modelo do uniforme operacional, usado por PMs no policiamento ostensivo nas ruas, terá manga comprida

Coronel Nylton Rodrigues
Coronel Nylton Rodrigues
Foto: Ricardo Medeiros | A Gazeta

A Polícia Militar do Espírito Santo vai usar um novo uniforme. Nos próximos 12 meses, toda a farda da corporação será trocada. Com a troca, a PM vai manter a cor já usada, mas irá padronizar a tonalidade e o tecido dos uniformes. O comandante da PM, Coronel Nylton Rodrigues, destaca outro ponto importante da mudança, inspirada na experiência de outras policias do Brasil e também do mundo: o modelo do uniforme operacional, usado por PMs no policiamento ostensivo nas ruas, terá manga comprida, como uma forma de prevenção às doenças de pele.

"A gandola (peça de vestuário de uniforme militar utilizada na parte superior do corpo) dessa farda passa a ter manga comprida, a fim de proteger dos efeitos do sol que podem gerar doenças. As polícias mais modernas do mundo já optaram pela gandola de manga comprida", comentou.

SEM GASTOS

O coronel explica que a troca não vai trazer custo extra aos cofres públicos porque o governo paga ao policial um auxílio anual para compra de farda, chamada de Indenização para aquisição de fardamento.

"Essa indenização é para que ele possa comprar suas peças. Por isso, nós estamos dando esse prazo de 12 meses para que todos possam receber a indenização do uniforme e fazer a aquisição da sua peça", disse.

Novo uniforme da PM
Novo uniforme da PM
Foto: Divulgação

Esse auxílio corresponde, atualmente, a quase R$ 1.000,00. O novo fardamento, segundo o comandante da PM, é resultado do estudo de uma comissão formada por oficiais. A comissão avaliou a farda usada por policiais no resto do Brasil e também em outros países do mundo.

Ver comentários