Notícia

Com três dias de funcionamento, acessórios do Bike VV são furtados

Sistema de compartilhamento de bicicletas começou a operar na última sexta-feira (09)

Empresa registrou furtos de acessórios de bicicletas do bike VV
Empresa registrou furtos de acessórios de bicicletas do bike VV
Foto: Caíque Verli

Com menos de três dias de funcionamento do Bike VV, vários acessórios das bicicletas compartilhadas foram furtados. Testemunhas disseram à reportagem da CBN Vitória que chegaram a ver pessoas tirando das bicicletas espelhos retrovisores e manoplas, que são peças da armadura protetora das mãos.

O sistema de compartilhamento começou a operar na última sexta-feira (09). A reportagem da CBN passou nesta segunda-feira por duas estações, uma na Praia da Costa e a outra no Centro. Na Praia da Costa, na Pedra da Sereia, das três bicicletas que estavam na base, duas estavam sem o espelho. No domingo (11), outras duas bikes estavam sem manoplas nesse mesmo ponto, das quatro que estavam paradas na base.

Já na estação do Centro, na Praça Duque de Caxias, das nove bikes que estavam no ponto, cinco tinham espelhos furtados.

O oficial de Justiça Fábio Lugon é um dos moradores de Vila Velha que ficaram incomodados com as bicicletas vandalizadas em tão pouco tempo.

"É um absurdo. Isso demonstra que a própria população precisa rever seus conceitos. Tem que arranjar um jeito de você enjaular todas essas bicicletas para ter acesso com um cartão para tirar a bicicleta. Tudo com câmera", opinou.

Leia também

O prefeito de Vila Velha, Max Filho, disse que a responsabilidade pela manutenção das bicicletas é da Tembici, empresa que venceu a licitação para administrar o serviço. Ele garantiu que as câmeras da prefeitura espalhadas pela cidade podem ser usadas para pegar os vândalos.

"Nós não compramos bicicleta, nós contratamos a empresa, que explora o serviço. Pelo contrato, a empresa é responsável pela manutenção, pelo gerenciamento do sistema. Nós temos câmeras que podem ser uteis em um inquérito policial", comentou o prefeito. 

Já a Tembici relatou que, até então, registrou o furto de quatro manoplas e cinco retrovisores. As peças já estão sendo repostas, segundo a empresa.

O oficial de Justiça Fábio Lugon é um dos moradores de Vila Velha que ficaram incomodados as bicicletas vandalizadas
O oficial de Justiça Fábio Lugon é um dos moradores de Vila Velha que ficaram incomodados as bicicletas vandalizadas
Foto: Caíque Verli

Ver comentários