Notícia

Com 28 câmeras, Vila Velha quer inaugurar cerco eletrônico em julho

Segurança será reforçada nas divisas do município e também nos bairros da Glória, Itaparica e Centro

Fábio Barcelos, responsável pela coordenação da da Central de Videomonitoramento
Fábio Barcelos, responsável pela coordenação da da Central de Videomonitoramento
Foto: Eduardo Dias

A prefeitura de Vila Velha faz planos para inaugurar no mês de julho o sistema de cerco eletrônico para monitorar com câmeras as principais vias de entrada e saída da cidade. Um sistema semelhante ao que foi implantado em Vitória, que pode, entre outras coisas, identificar se um carro roubado está transitando pela rua.

De acordo com Fábio Barcelos, coordenador da Central de Videomonitoramento do município, o projeto do cerco eletrônico já foi aprovado e serão instaladas 28 câmeras pela cidade. Os equipamentos contam com visão noturna e um sistema automático para a identificação de placas dos veículos.

Leia também

Barcelos afirmou que o cerco está previsto para começar em funcionar no mês de julho. Sendo ele, o aumento da sensação de segurança vai trazer boas consequências para a cidade.

"Acaba impactando também na questão das seguradoras (de veículos). Uma cidade mais segura tende a diminuir os valores cobrados pelo seguro veicular. Isso ajuda as pessoas a terem os seus bens protegidos da melhor forma possível", opinou o representante da prefeitura.

Além das divisas com Vitória, Cariacica e Guarapari, o cerco eletrônico também vai está presente em outros pontos da cidade, como nos bairros da Glória, Centro e Itaparica.

 

 

Ver comentários