Notícia

Grande Vitória tem 70 clínicas abertas em 2 anos e um terço é popular

De agosto de 2015 para cá, mais de 35 mil pessoas deixaram os planos aqui no Estado, o que aumenta a procura por clínicas, principalmente as populares

Médico, plano de saúde, hospital
Médico, plano de saúde, hospital
Foto: Pixabay

O desemprego, os reajustes dos planos de saúde e a saturação do SUS provocaram um crescimento no número de clínicas médicas na Grande Vitória. Foram 70 novas unidades abertas nos últimos dois anos, sendo que um terço delas é de perfil popular.

Para se ter ideia deste cenário, de agosto de 2015 para cá, mais de 35 mil pessoas deixaram os planos no Estado, o que aumenta a procura por clínicas, principalmente as populares, já que esses antigos usuários também querem fugir da incerteza de atendimento e fila de espera do SUS.

O autônomo Miguel de Barros, de 57 anos, é um dos capixabas que abandonaram o plano de saúde complementar. Miguel desistiu de pagar, para ele e para a mãe que hoje tem 97 anos, em virtude do preço.

"À medida que a idade vai avançando, os valores do plano começaram a subir muito, tornando inviável a manutenção dos pagamentos. Acabei optando por deixar de pagar o plano e passar a fazer uma reserva financeira", conta o autônomo.

Entre agosto de 2016 e agosto de 2018, 43 novas clínicas abriram as portas em Vitória, 22 em Vila Velha, três na Serra e duas em Cariacica. Os dados são do Conselho Regional de Medicina. Carlos Magno Pretti Dalapicola, presidente do CRM-ES, afirma que pelo menos um terço desse número são clínicas populares, que abocanham parcela considerável dos clientes que abandonaram os planos. Segundo ele, o consumidor deve estar atento pois essas consultas mais baratas são de atendimentos e exames mais simples de algumas especialidades.

"Se tiver que fazer uma intervenção cirúrgica, algum procedimento de internação, algum exame sofisticado - tomografia, ressonância, por exemplo - essas clínicas não oferecem e você vai precisar ir para o SUS ou particular. E aí fica difícil para o paciente continuar o tratamento", analisa Dalapicola. 

Uma consulta com um clínico geral nas unidades populares da Grande Vitória custa entre R$ 50 e R$ 120, enquanto nas tradicionais o preço ultrapassar os R$ 250. Todas essas clínicas devem ser registradas no Conselho Regional de Medicina, com um representante técnico.

Ver comentários