Notícia

Inadimplência cresce e Vitória terá feirão para renegociar dívidas

Espírito Santo tem 686.336 consumidores com o nome sujo no Serviço de Proteção ao Crédito (SPC)

Feirão para negociar dívidas realizado em 2017
Feirão para negociar dívidas realizado em 2017
Foto: Eduardo Dias

O endividamento permanece como uma preocupação do comércio capixaba devido ao número de pessoas que estão inseridas no Serviço de Proteção ao Crédito (SPC). Números divulgados pelas câmaras de dirigentes lojistas apontam que 686.336 consumidores do Espírito Santo estão com o nome sujo. Essa quantidade foi contabilizada até o final do último mês outubro e revela que houve um crescimento de 5% em comparação ao mesmo período do ano passado. Em 2017 eram 649.626 cadastros com pendências financeiras.

Para tentar diminuir a quantidade de endividados e abrir a possibilidade de trazer esse consumidor de volta ao mercado, um feirão para a negociação de dívidas e recuperação de crédito será realizado entre os dias 4 e 8 de dezembro, em Vitória. A expectativa é que sejam feitos 15 mil atendimentos em cinco dias. Os consumidores contarão com condições especiais de negociação: como descontos de até 100% sobre juros e multas. A iniciativa terá a participação de diversas instituições, como a Cesan, Caixa Econômica, EDP Escelsa, Banestes e algumas financeiras.

O presidente da Câmara de Dirigentes Lojistas de Vitória, Adriano Ohnesorge, afirma que a grande quantidade de consumidores inadimplentes preocupa os lojistas.

"Esse número realmente é um número alto e que nos preocupa. A gente tenta cada dia negociar melhor essas dívidas e trazer essas pessoas novamente para o consumo. Esse feirão vem para diminuir esse número, que é muito alto", disse.

ATENDIMENTO

O feirão será realizado na Arena Vitória, no bairro Bento Ferreira. A entrega de senhas será de 9h às 16h, durante os cinco dias do evento. Os organizadores afirmam que todos os consumidores com senha serão atendidos, mesmo após o fechamento dos portões.

Para conseguir a negociação, os endividados deverão levar documentos como o CPF, identidade ou outro documento de identificação original com foto. Após a primeira triagem, o consumidor será encaminhado para o estande da empresa credora para a avaliação.

DESEMPREGO

Geraldo Calenzani, gerente de negócios da CDL Vitória, afirmou que mesmo as pessoas desempregadas, ou sem comprovação de renda, também podem procurar o feirão para buscar negociações.

"Não é necessário apresentar comprovante de renda. As negociações são individuais de cada empresa, cada uma tem o seu critério. Pessoas desempregadas, que tenham como quitar ou parcelar a dívida, também podem procurar o feirão porque elas terão as negociações feitas também", explicou Geraldo.

Os atendimentos do feirão não serão limitados ao consumidor comum, isto é, a pessoa física. Os organizadores afirmam que pessoas jurídicas e empresas com registros de inadimplência também poderão aproveitar as negociações. Além da avaliação das dívidas, o feirão também terá serviços de orientação de consumo consciente para os endividados.

SERVIÇO

Feirão Recupere Seu Crédito

Data: de 4 a 8 de dezembro (terça-feira a sábado)

Horário: de 9h às 16h

Local: Arena Vitória (Antigo Álvares Cabral)

Documentos: CPF, identidade ou outro documento de identificação original com foto

Algumas instituições participantes: Banestes, Caixa Econômica Federal, EDP Escelsa, Cesan, Cartão Avista, Dacasa, faculdade Unisudeste, Ótica Diniz, O Boticário, Itapuã Calçados e Casas Santa Terezinha.

 

 

Ver comentários