Notícia

Linhares: lugar certo para investir

Atividades diversificadas e boa logística são alguns dos benefícios da região, que acaba de ganhar um loteamento da VTO

.
.
Foto: Divulgação

Localização, logística e infraestrutura privilegiadas colocam Linhares como um dos maiores polos de desenvolvimento do Espírito Santo. A cada ano, a economia do município da Região Nordeste se diversifica mais e mais, abrangendo atividades que vão do setor agrícola à extração de petróleo e gás, setor este em que a cidade se destaca no cenário nacional, com fortes perspectivas de crescimento.

Com 141 mil habitantes, Linhares ocupa o segundo lugar na distribuição de royalties no Estado, especialmente após a implantação da Unidade de Tratamento de Gás de Cacimbas (UTGC). No campo, o município, que sempre mostrou protagonismo no cenário econômico capixaba com a agricultura e a pecuária, ultimamente vem multiplicando as possibilidades de investimento, com destaque para a agroindústria. Isso sem falar dos polos moveleiro – um dos mais importantes do país – e de confecção, que ganha cada vez mais relevo.

“O desenvolvimento não acontece por acaso. A cidade tem investido em um planejamento estratégico para atrair emprego e renda e desenvolver os mais diversos setores da economia, fortalecendo a agricultura e agregando valor aos produtos locais, com especial atenção à agroindústria. Também buscamos ampliar ainda mais a atividade industrial”, comenta o secretário municipal de Desenvolvimento Econômico e Urbano, Luiz Fernando Lorenzoni.

As oportunidades de aprimorar o entorno da cadeia produtiva de petróleo e gás natural, é claro, também estão na mira do município, uma vez que as jazidas exploradas em Linhares representam a segunda maior distribuição de royalties no Espírito Santo. No campo, a cidade tem extrema relevância com a pecuária leiteira e de corte e na produção de café, pimenta-do-reino, cacau, banana e coco, além de outros ramos da fruticultura, e é a maior exportadora brasileira de mamão papaya, principalmente para os mercados consumidores da Europa e dos Estados Unidos. Esse cenário possibilitou a implantação de agroindústrias, como a Ducoco e a Trop Fruit.

A pluralidade de atividades não para por aí. A cidade também acolhe empresas automobilísticas, metalúrgicas, de beneficiamento de rochas ornamentais e de motores elétricos da linha branca. De quebra, o município que tem o maior litoral do Estado e dezenas de lagoas, ainda se destaca pelo potencial turístico, seja para passeio, seja para negócios. Não à toa, é bem servida quando o assunto são redes hoteleiras e restaurantes.

Mas qual o segredo para o crescimento, mesmo em uma época de recessão? Como destacou o secretário de Desenvolvimento Econômico e Urbano, nada é por acaso. Os atrativos de Linhares para o investimento passam por fatores como sua localização privilegiada, mas também por planejamento e aplicação de recursos.

Em termos logísticos, Linhares tem o trunfo de ser o município mais próximo da Grande Vitória inscrito na região da Sudene, que dá isenção de Imposto de Renda e Contribuição Sobre Lucro Líquido (CSLL), além do acesso aos recursos do Banco do Nordeste. “Além disso, estamos próximos de importantes áreas portuárias e temos uma matriz energética bem definida”, acrescenta Lorenzoni.

Essa infraestrutura vai ganhar novo fôlego em um curto prazo, com a expansão do aeroporto regional, tanto para transporte de cargas quanto de passageiros, e a implantação de mais um porto na região, previsto para 2019.

Oportunidades

Não é só a administração municipal que está de olho nas possibilidades de investimento em Linhares. O setor privado também tem se preparado para receber os novos e crescentes investimentos na região. Um dos exemplos é a implantação de um grande loteamento empresarial na cidade, pronto para abrigar os negócios que estão chegando em segmentos como logística, indústria, serviço e armazenagem.

Situado às margens da BR 101, entre os bairros Humaitá e Rio Quartel, o VTO Linhares é um empreendimento da VTO Polos Empresariais, referência no Espírito Santo em loteamentos e bairros planejados. A área conta com 57 lotes, alguns ainda disponíveis, de 1.500m² a 11.500m², que podem ser comercializados individualmente ou em blocos para formar áreas maiores. “O polo já está com toda a infraestrutura pronta, redes elétrica, de água e esgoto, calçamento, sinalização vertical e horizontal, calçadas e ciclovia”, anuncia o diretor comercial da VTO, Alexandre Schubert.

Além de plenas condições para a instalação de empresas dos mais diversos setores, o VTO Linhares está estrategicamente posicionado entre a sede do município e a Região Metropolitana da Grande Vitória. O loteamento fica a apenas 10 km do Aeroporto de Linhares, a 60 km do Estaleiro Jurong e a carca de 100km do Porto de Tubarão e do Aeroporto de Vitória. Segundo Schubert, a rede de gás que passa em frente ao empreendimento é outro diferencial.