Notícia

Baobab Trio pré-lança novo álbum na Capital

O trio instrumental apresentará canções de "Ladeira São Bento", seu novo disco, neste sábado (17)

No início de 2015, o grupo Baobab Trio fez uma pequena turnê por cinco cidades capixabas. Na ocasião, os músicos Wanderson Lopez (violão e guitarra portuguesa), Edu Szajnbrum (bateria e percussão) e Fabiano Araújo (piano e sintetizadores) apresentaram canções do primeiro trabalho do trio, lançado três anos antes dos shows, e também novas composições.

 

Fabiano Araújo, Wanderson Lopez e Edu Szajnbrum compõem o Baobab Trio
Fabiano Araújo, Wanderson Lopez e Edu Szajnbrum compõem o Baobab Trio
Foto: Tom Boechat/Divulgação

Eis que parte desses temas inéditos integram “Ladeira São Bento”, novo projeto do grupo instrumental. Embora o álbum ainda não tenha sido lançado, o trio faz o seu pré-lançamento na noite deste sábado, dia 17, no Centro Cultural Sesc Glória, no Centro, em Vitória.

“Ladeira São Bento”, como explica Wanderson Lopez, foi gravado ao vivo na mesma época da turnê que o grupo fez pelo Estado. O disco carrega referências que vão desde as experimentações musicais às composições do maestro gaúcho Radamés Gnatalli (1906-1988).

“O ‘Ladeira’ tem também uma música chamada ‘Arabesca’, que vai mais para o oriente”, conta o músico sobre um dos temas inéditos.

A citada “Arabesca”, inclusive, junto de outros dois temas inéditos (“Incompletude” e “Mar que Arrebenta”), pode ser conferida no canal do YouTube mantido pelo trio.

Outro ponto que chama atenção em “Ladeira” é que todas as composições do álbum são de Wanderson. Todavia, elas foram escritas especialmente para a dupla que o acompanha há mais de uma década. “Mas as compus como os dois tocariam. É um disco baseado na interação e, sem a linguagem deles, ele seria um outro trabalho”, diz.

Interação  

Quem pode explicar melhor como se deu esse processo é Fabiano Araújo: “Ele (Wanderson) focou em fazer composições em homenagem ao trio. Ele sintetizou o que a gente faz: o chorinho e músicas que têm essa vertente da world music”, relata ele sobre as músicas desse novo trabalho.

“O próprio teor das composições, que têm um linguagem de improvisações espontânea, foram escritas para esses músicos. Elas privilegiam muito o que eles tocam. Isso é um diferencial”, complementa Wanderson Lopez.

Além dessa interação atrelada a todos esses anos que os três músicos tocam lado a lado, “Ladeira São Bento” também carrega um ar de afetividade. O tema homônimo, que batiza o álbum, mostra isso: o seu título faz referência ao espaço no centro da Capital onde o Baobab Trio fez os seus primeiros ensaios e encontros.

“Essa ladeira é onde a gente começou ensaiar, num estúdio na casa do Fabiano. Tem uma afetividade, mas ela aponta também para um caminho que é onde a gente começou tocando”, destaca Wanderson, que adianta que, além das composições do trio, o público presente no Sesc Glória também irá presenciar releituras de grandes composições da música brasileira, como a do já mencionado Radamés Gnatalli.

Já Fabiano reforça que a apresentação será uma espécie de resumo do que ele e os outros músicos têm construído ao longo da última década. “Esse show é para as pessoas, mas ele também representa um momento do grupo. É a gente podendo celebrar o resultado desses 10 anos de interação musical”, conclui o pianista.

Show do Baobab Trio

Quando: sábado (17), às 19h30.

Onde: Centro Cultural Sesc Glória, Av. Jerônimo Monteiro, 428, Centro, Vitória.

Ingressos: R$ 10 (meia) e R$ 20 (inteira).

Informações: (27) 3232-4765.

 

Ver comentários