Notícia

Músicos capixabas voltam-se para o universo infantil

O No Seu Abracinho, banda voltada para o universo infantil, se apresenta sábado (24), na Praia do Canto, em Vitória

Não é raro que grandes nomes da música brasileira façam incursões no universo infantil. Há quarenta anos, por exemplo, Chico Buarque lançava “Os Saltimbancos”, disco infantil que contou com vozes como Nara Leão, Miúcha, entre outros.

Outro marco do nosso cancioneiro voltado para a criançada é o álbum “A Arca de Noé”, de Vinicius de Moraes e Toquinho. Vale também citar temas como “Sítio do Pica Pau Amarelo”, de Gilberto Gil, e “Plunct Plact Zuuum”, do roqueiro Raul Seixas.

O No Seu Abracinho tem um repertório musical voltado para as crianças
O No Seu Abracinho tem um repertório musical voltado para as crianças
Foto: Bruno Leao/Divulgação

Mais recentemente, o Pato Fu também lançou um trabalho voltado para a garotada. Junta-se aos mineiros nomes de peso como Arnaldo Antunes, Adriana Calcanhotto, Zeca Baleiro e Chico César.

Já aqui no Estado, foi criada neste ano a banda No Seu Abracinho. O grupo, formado por Vitor Lopes (violão), Felipe Amarelo (voz e guitarra), Caetano Monteiro (bateria) e Eduardo Lucas (trompete), toca clássicos da música infantil, como “História de Uma Gata”, “Superfantástico” e, entre outras canções, “O Pato”.

“Resolvemos criar o No Seu Abracinho porque a gente sempre gostou de música para criança”, explica Vitor Lopes.

As apresentações da banda – a próxima rola no sábado, dia 24, no Mercadinho Na Brinca –, pelo o que adianta Vitor, são uma verdadeira bagunça. No bom sentido, claro. “Chamamos as crianças para subir no palco. Há algumas que sobem e pegam o microfone”, diverte-se ele, que também é autor do livro infantil “Encolhe, Tempo”.

Outras iniciativas

Ao lado da galera da banda No Seu Abracinho, que até outubro deste ano deve soltar três músicas autorais no YouTube, outros artistas capixabas compõem essa lista de músicos já produziram para o universo infantil. Nomes tarimbados como Zé Moreira, Gustavo Macacko e Pedro de Alcântara são alguns deles.

No caso de Macacko, esse mergulho se deu ao lado do Símios, sua ex-banda. O álbum “O Macaco e a Baleia Cantam para Crianças de Todas as Idades” (2013), como conta ele, nasceu da necessidade de responder os questionamentos da sua filha Elis, que à época tinha sete anos de idade.

“Ela me fazia aquelas perguntas que só as crianças fazem: ‘pai, quem é Deus’? Aí eu acabei compondo esse disco para as responder essas perguntas dela”, comenta.

Inclusive, a próxima música de trabalho de seu recém-lançado DVD, batizada de “Bicho Grilo”, tem participação de Elis, hoje com 12 anos. “A música fala sobre essa relação das crianças com os animais”, afirma.

Outro músico que também gravou um álbum voltado para o público infantil foi o pianista Pedro de Alcântara. Há dois anos, ele lançou “Onde Andará”.

Professor há 17 anos, Pedro destaca a importância da música no desenvolvimento das crianças. “A música é uma ótima linguagem para isso. A criança que está exposta à música desde cedo desenvolve melhor a questão da sensibilização”, declara.

 

Mercadinho na Brinca

Quando: sábado (24), das 10h às 17h.

Onde: “Na Brinca”, Rua Joaquim Lírio, 820, Praia do Canto, Vitória.

Quanto: Entrada franca. O show do No Seu Abracinho terá ingressos a R$ 20 (adulto) e R$ 30 (criança).

Informações: (27) 3026-3065.