Notícia

Musical internacional "Streetlight" chega a Vitória

Em palco, grupo Gen Rosso divide espaço com jovens que se recuperam de dependência química

Foto: Divulgação

 

Neste final de semana Vitória vai receber um musical internacional já visto por milhões de pessoas no mundo todo. “Streetlight”, que será apresentado sexta e sábado na Arena Vitória (ginásio Alvares Cabral), às 20h, é uma realização do grupo internacional Gen Rosso, formado por integrantes de nove países diferentes. O show é inspirado na história real de um rapaz pobre, afro-americano, envolvido indiretamente com lutas entre gangues do seu bairro, na periferia de Chicago (EUA), da década de 1960. O jovem enfrenta temas como racismo e violência.

O evento acontece em parceria com o grupo Fazenda da Esperança - comunidades terapêuticas que acolhem jovens dependentes químicos –  por meio do projeto “Toda Vida tem Esperança”, que, utilizando a arte, auxilia homens e mulheres atendidos pela instituição a se manterem longe da vida que levavam antes.

No palco, integrantes do Gen Rosso dividem espaço com jovens treinados pelo grupo. O objetivo do projeto é levar às regiões brasileiras uma proposta que inspire a valorização da vida e também de prevenção às drogas. Para isso, em cada cidade o grupo faz treinamentos possibilitando os acolhidos de entrarem em cena.

O treinamento inclui workshops e palestras de formação, dando oportunidade ao jovem de se redescobrir e encontrar habilidades e talentos que antes ficavam imperceptíveis devido ao uso de drogas. A interação com outras pessoas também promove a reinserção social dos acolhidos que poderão vivenciar a experiência única de serem estrelas do “Streetlight”. A partir do quarto dia os jovens se reúnem com os profissionais da banda do Gen Rosso para aprenderam as práticas de cenário, dança, música, divulgação e etc.

BRASILEIRO

Integrante brasileiro do Gen Rosso, Adelson ressalta o clima de amor recíproco criado como o fator essencial durante as oficinas.

“Esse é o objetivo do projeto. Não é preparar um show, porque um show muitas pessoas fazem e até melhor, mais bonito. Mas não tem esse elemento a mais como no nosso espetáculo”, acentua o artista.

Anderson Bruno, 22 anos, acolhido da Fazenda da Esperança de Minas Gerais desde 2012, já esteve com o grupo Gen Rosso em Fortaleza em 2013.

“Eu participei da oficina de dança de rua, o break, e este ano eu vou participar de novo. A dança é a maneira que eu encontrei de me expressar e até evangelizar.”, contou Bruno.

A dança é a maneira que eu encontrei de me expressar e até evangelizar
Anderson Bruno

Para Nelson Giovanelli, um dos fundadores da Fazenda da Esperança, a intenção de integrar esses jovens à arte é criar neles a capacidade de amar, de respeitar, de acolher e viver a tolerância.

"A arte e a música são instrumentos poderosíssimos para penetrar no coração do homem e da mulher. O Gen Rosso é formado por profissionais e professores em campos como dança, coreografia e música. Nossos acolhidos têm a possibilidade de em dois dias serem treinados e capacitados para subirem ao palco, superando limites e deficiências inclusive", explicou Nelson.

A coordenadora do projeto, Rita Santos, destaca o caráter inovador do projeto, pois eles preparam centenas de jovens para serem estrelas de um grande musical.

"Cada jovem que participa do projeto é uma história de vida, então imagina 250 subindo ao palco, contando um caso real de um jovem que passou por situações muito parecidas com as deles. É uma coisa muito emocionante porque entendem que se eles querem, eles podem mudar suas vidas. Então fazem isso durante as oficinas, superando as dificuldades, a vergonha, a falta de jeito, a baixa autoestima, para se apresentar em um espetáculo internacional", analisa Rita.

Serviço:

Quando: 13 e 14 de outubro, às 20h.

Onde: Arena Vitória (ginásio do Alvares Cabral)

Ingressos a partir de R$ 30. À venda em www.eventim.com.br, e nas lojas Bahamas.

Informações:  (27) 30146911

Ver comentários