Notícia

Fifa intima Cruzeiro a pagar dívida por Ábila, mas time promete recurso

De acordo com a imprensa argentina, a entidade máxima do futebol exigiu que a Raposa efetue o pagamento em até 30 dias. Celeste deve cerca de 4,9 milhões ao Huracán

Divulgação / Lance

Conforme noticiou a imprensa argentina na manhã desta segunda-feira, a Fifa intimou o Cruzeiro a pagar uma dívida de U$1,5 milhões (algo equivalente R$ 4,9 milhões) ao Huracán, clube que vendeu o atacante Ramón Ábila à Raposa.

De acordo com um documento publicado nos jornais locais, o clube mineiro tem 30 dias para efetuar a transação. Além deste valor, o Cruzeiro teria que pagar juros de 10% por causa do atraso. O Clube, no entanto, promete recorrer da decisão.

- Primeiro vamos iniciar o procedimento para recorrer. Temos 21 dias para entrar com o pedido na Corte Arbitral do Esporte. Uma decisão sai em 8 a 12 meses. Depois tem o comitê disciplinar, de 6 a 8 meses. E assim vai. É um processo lento. Não é simples - comentou o advogado do Cruzeiro, Breno Tannure, ao site 'Superesportes'.

Ábila chegou à Raposa em junho de 2016 por R$12 milhões. Deste total, o time comandado por Mano Menezes já pagou cerca de R$ 7,5 milhões, dois meses após a chegada do argentino. O acerto entre brasileiros e argentinos dá direito à Raposa de ter 50% do passe do jogador.