Notícia

Invicto fora, Santão mantém fé no bom rendimento na casa do adversário

Para passar de fase na competição, time terá de vencer o Red Bull no próximo domingo, em terras paulistas

Foram três jogos em casa, sendo dois empates, uma derrota e nenhuma vitória. Mas por outro lado, fora, o Espírito Santo está invicto, venceu uma e empatou outra. Os números mostram que o saldo da equipe capixaba é melhor quando ela jogou longe do seu Estado nesta Série D e vai ser se apegando a esta lógica que o time vai encarar seu último desafio da primeira fase da competição.

Thiago Martinelli, zagueiro do Espírito Santo
Thiago Martinelli, zagueiro do Espírito Santo
Foto: João Brito/ESFC

Com seis pontos e na última colocação do grupo A14, o ESFC precisará vencer na casa do Red Bull, em São Paulo, no próximo domingo, para se classificar para o mata-mata. O zagueiro Thiago Martinelli, que passou por situação parecida com o Santão ano passado, não deixa de acreditar em um novo feito do time capixaba.

“A gente preferia, lógico, fazer os pontos aqui sem ter que deixar para a última rodada. Mas como não aconteceu, a nossa cofinfiança fora de casa continua. Ano passado, coincidentemente ou não, nos classificamos na última rodada. Que o filme se repita”, relembra.

Apesar de precisar do resultado, o zagueiro ressalta que o elenco não pode se apavorar com a pressão.

“Teremos que entrar com inteligência, sem sair desesperado, deixando o time aberto”, alerta Thiago Martinelli.

Ver comentários