Notícia

Alessandro Silva conquista o terceiro ouro do Brasil no Mundial

Atual campeão paralímpico, paulista fatura a medalha no lançamento de disco, classe F11, no Estádio Olímpico de Londres

Divulgação / Lance

Alessandro Silva conquistou, na manhã desta segunda-feira, a medalha de ouro no lançamento de disco F11 (para cegos totais) no Mundial de Atletismo Paralímpico, em Londres. O paulista de Santo André dominou a prova e confirmou seu favoritismo. Este é o quarto dia de competições no Estádio Olímpico, que sediou os Jogos Paralímpicos de 2012. O evento se estenderá até o dia 23.

O título veio no quinto lançamento de Alessandro. Ele atingiu a marca de 43,32m - próximo ao recorde mundial da prova, de 44,66m, estabelecido por ele próprio no Open Internacional, em abril, em São Paulo. Em segundo lugar ficou o austríaco Bil Marinkovic (33,42m). O colombiano Angulo Belizário foi terceiro colocado, com 32,46.

- Eu foco na minha prova, no meu objetivo, que era manter a média que eu venho fazendo no Brasil desde os Jogos Paralímpicos. Não meço os resultados dos meus rivais. Faltou pouco para bater o recorde mundial, mas eu fico muito feliz com mais essa conquista na minha carreira - afirmou o paratleta que perdeu totalmente a visão após a manifestação de uma toxoplasmose, em 2009.

O paulista ainda retorna ao Estádio Olímpico neste sábado, penúltimo dia de provas, para o arremesso de peso. Sua principal conquista neste evento é o ouro nos Jogos Parapan-Americanos de Toronto-2015. A disputa em Londres será mesclada com a classe F12, que conta com atletas de baixa visão.

Além dele, Mateus Evangelista avançou à final dos 200m T37 (paralisados cerebrais) com o tempo de 24s75. A marca é a terceira melhor entre os oito competidores que brigarão por medalhas nesta terça-feira, 18. Outro brasileiro classificado para a final dos 200m, porém na classe T38, é o acreano Edson Pinheiro, com o tempo de 23s45, o melhor em sua bateria.

Com o triunfo de Alessandro Silva, o Brasil já tem seis medalhas neste Mundial de Atletismo. São três ouros, duas pratas e um bronze. Ainda há mais uma grande oportunidade de o Brasil subir ao ponto mais alto do pódio nesta segunda-feira, 17: Daniel Martins entra como favorito, atual campeão paralímpico e recordista mundial, nos 400m da classe T20 (deficiência intelectual), a partir 15h40.

Confira a programação dos brasileiros na tarde desta segunda:
?

15h - Michel Abrahame (final do salto triplo T47)
15h20 - Gustavo Araújo e Kesley Josué (semifinal dos 200m T13)
15h40 - Daniel Martins (final dos 400m T20)
16h30 - Rodrigo Parreira (final dos 200m T36)