Notícia

Sem turbulência, Corinthians tem quase meio time prestes a ser pai

Cássio, Pedro Henrique, Vilson e Jô têm motivo a mais para comemorar o Dia dos Pais neste domingo, já que suas respectivas mulheres estão grávidas. Elenco ganhou folga 

Daniel Augusto Jr

O Corinthians vive uma calmaria dentro e fora de campo. Líder do Campeonato Brasileiro, com oito pontos de vantagem para o segundo colocado Grêmio, o Timão vê seu elenco não ter qualquer tipo de turbulência extracampo.

Grande parte dos jogadores é casada e também religiosa. Praticamente meio time, inclusive, terá mais um motivo para comemorar neste domingo, no Dia dos Pais: as mulheres de Cássio, Vilson, Pedro Henrique e Jô estão grávidas. Camacho, Maycon e Kazim já tiveram filho neste ano.

Os filhos dos jogadores costumam frequentar constantemente o CT Joaquim Grava, principalmente os de Pablo, Fagner e Kazim. Na última sexta, Henrique, o "mini Fagner", até acompanhou o pai na entrevista coletiva na sala de imprensa.

Jogadores, comissão técnica e dirigentes sempre ressaltam esse clima do elenco. Sem preocupação, o Timão deu folga ao grupo neste fim de semana.

- Graças a Deus não preciso ficar sendo babá de ninguém fora do clube, não temos esse problema - diz Jô, um dos líderes do elenco.

No Dia dos Pais, o clima é só de comemoração no Corinthians. A volta ao trabalho será nesta segunda à tarde, no CT Joaquim Grava.