Notícia

Recém-casado, Alison adia lua de mel para jogar Circuito Brasileiro

Alison e Bruno fazem estreia da dupla nesta quinta-feira, na etapa disputada em Campo Grande, MS

Alison Cerutti e a esposa Tatiana Tristão, durante cerimônia de casamento em Pedra Azul, Domingos Martins
Alison Cerutti e a esposa Tatiana Tristão, durante cerimônia de casamento em Pedra Azul, Domingos Martins
Foto: André Alves Fotografia

Recém-casado, o campeão olímpico Alison Cerutti não teve muito tempo para curtir a lua de mel. Como vida de atleta tem seu calendário à parte, o jogador adiou para final do ano a viagem com a esposa Tatiana Tristão e se juntou ao companheiro Bruno Schmidt para a estreia da dupla no Circuito Brasileiro de vôlei de praia, que acontece nesta quinta-feira (14), em Campo Grande, MS.

O capixaba, que teve a cerimônia do casamento realizada em Domingos Martins, segue para a capital sul-matogrossense, para o início da competição, que conta com um total de 32 duplas. Antes, ele fez um apanhado do momento em que vive no esporte e já almeja mais títulos. 

Ano pós-olímpico

"Foi um ano muito produtivo, de amadurecimento..As pessoas quando falam Alison e Bruno sempre querem títulos e prêmios individuais, nós acostumamos as pessoas assim, desde de 2014, jogando juntos. Muito títulos conquistamos, quase todos que jogamos, Sul-Americano, Brasileiro, Circuito Mundial, Copa do Mundo entre outros, mas isso é normal, essa cobrança. Estamos lidando muito bem com isso tudo, com um ano da olimpíada, um ano após nossa maior título da carreira.

 

Circuito Brasileiro

"O Circuito Mundial começa nesse ano de 2017 e acaba em 2018. É o momento de melhorar o nosso jogo, se adaptar, porque tem muitos times novos, jogadores trocam de parceiros e a nossa parceria é a mais longa do Circuito. São quatro anos já. Então a gente tem que se reinventar e ter muita calma para voltar ao topo." 

 

Emoção do casamento

Realmente foi uma emoção única na minha vida, já ganhei vários títulos e vivi muitas coisas bacanas, positivas. Mas casar foi realmente uma emoção maravilhosa, algo programado, com a mulher que sempre sonhei. Uma festa maravilhosa, com amigos do mundo todo presentes. Amigos da Alemanha, Rio de Janeiro, São Paulo, meus familiares.

Lua de mel adiada

E voltar aos treinamentos é normal. Isso já estava planejado. Lua de mel já esta programada para dezembro, o gostinho de quero mais ficou, mas a gente é profissional, é vida que segue. Já sigo para Campo Grande, primeira etapa do Circuito Brasileiro e focado nisso agora. 

Circuito nacional com presença gringa

Acho muito bacana, sempre fui a favor da troca de experiência, de abrir os campeonatos, acho que os americanos têm todo direito de jogar no Brasil, assim como qualquer outro gringo. Assim como brasileiros também devem jogar fora. É assim que o esporte cresce. No início é capaz de muita gente virar o nariz, de não gostar dessa mistura, mas isso só enaltece o campeonato. Para mim é um prazer ver o Reid Pridd jogar no Brasil. É um grande jogador. Acompanhei algumas etapas do Ricardo, que é meu amigo, então pela internet, os resultados deles e  estão de parabéns. Espero que nosso país abrace esses atletas que vêm de fora, porque quando a gente está lá fora também é abraçado. E isso só deixa o Circuito mais forte. E que venham outros atletas também. Sou totalmente a favor da presença eles aqui.

Ver comentários