Notícia

Pelo quinto ano, Parque Moscoso recebe o Campeonato de Taekwondo Kids

A competição rola tradicionalmente no Dia das Crianças e nesta quinta-feira não será diferente. Essa é a quinta edição do evento, que em 2016 envolveu mais de 2 mil crianças

Foto: Elizabeth Nader/PMV

Há cinco anos, Manuela Feliz organiza o Campeonato de Taekwondo Kids, no Parque Moscoso, em Vitória. A competição rola tradicionalmente no Dia das Crianças e hoje não será diferente. Essa é a quinta edição do evento, que em 2016 envolveu mais de 2 mil crianças. Neste ano, o campeonato terá 75 crianças de 3 a 13 anos na parte competitiva.

Mais importante do que o incentivo à prática de esportes é auxiliar no desenvolvimento das crianças. É o caso de Havilá, que tinha sete anos quando começou a praticar o taekwondo, arte marcial que trabalha equilíbrio físico e mental. Desde então, com acompanhamento médico e o esporte, a pequena nunca mais sofreu com crises de epilepsia.

Hoje, com 12 anos, ela não pensa em abandonar os tatames tão cedo. A mãe de Havilá conta que a prática esportiva não impactou apenas a saúde da filha, mas também na sociabilidade e atenção com as tarefas do dia a dia. “Ela dormia até tarde, fazia as coisas devagar, aí fui pesquisando e li que praticar esporte ajudaria. Depois que ela entrou para o esporte, além de nunca mais ter crise, é mais disposta, arruma as coisas direitinho. É essencial para a vida dela”, conta Hanniery Calmon, que escolheu o taekwondo por já ter praticado a luta por 5 anos.

Para a pediatra Márcia Lemos Bellote, todo esporte, quando praticado com o acompanhamento e supervisão de profissionais, tem um impacto positivo na saúde física e mental da criança. Ela acrescenta que em casos como o de Havilá, na presença de uma doença crônica, a prática esportiva tira o foco da doença e traz leveza para a rotina do pequeno atleta.

“Os esportes têm essa função, de mexer com o emocional da criança, fazer esquecer um pouco da dor ou da medicação, é um estímulo a mais no dia a dia que pode trazer bastante prazer”, explica.

É frequente no discurso dos pais que praticar esporte traz mais disciplina em casa e na escola, e a médica confirma: atividade física na infância estimula o aprendizado e a compreensão.

Tatame, pipoca, pula-pula e diversão para todos

Organizadora do evento, Manuela Feliz explica que o evento é uma forma de trazer o esporte para todas as crianças que estiverem no parque, independente de praticar a luta ou não. “A gente acredita naquela tradição antiga de que o Parque Moscoso no Dia das Crianças é o melhor lugar do mundo”, conta com empolgação a organizadora, que também começou a treinar taekwondo ainda na infância.

A programação está recheada de atrações que vão garantir a alegria da criançada. “A partir das 16 horas na concha acústica do Parque Moscoso, é só chegar e participar. Além da competição, colocamos pula-pula, pipoca, um tatame para brincadeiras, e é tudo gratuito”, explica Manuela.

 

 

***Por Debora Sonegheti, sob supervisão de Filipe Souza

Ver comentários