Notícia

Caminhão com carga torta é flagrado na BR 101

Cena foi registrada por corretora, que alega ter se sentido obrigada a ultrapassar a carreta para se sentir segura na estrada

(Mais um) caminhão com carga aparentemente irregular foi flagrado na BR 101, no trecho da rodovia que liga Guarapari a Viana. O registro, desta vez, é da corretora de seguros Keuri Martins, de 24 anos. Ela, que seguia no sentido Vitória da rodovia, teve que ultrapassar a carreta para se sentir segura, e alega que nas curvas a carga parecia que poderia tombar a qualquer momento. Veja vídeo:

"Um perigo", define a corretora. De acordo com ela, a filmagem foi feita por volta das 11h de um fim de semana no final de agosto deste ano. A estrada é a mesma em que, em 80 dias, registrou dois grandes acidentes, que mataram, juntos, mais de 30 pessoas. 

"Tive que cortar o caminhão para me sentir segura. E ele estava interrompendo o fluxo de veículos, porque a velocidade oscilava, mas ele não avançou a mais de 70 quilômetros por hora", comenta. Keuri comenta que não foi a primeira vez que viu algo desse tipo. "Só foi pior porque desta vez eu estava atrás da carreta, e também consegui filmar por conta disso", afirma. 

Leia também

Como a carga estava tampada, e amarrada com poucas cordas, como garante a corretora, ela não identificou o que o caminhão transportava. 

"O fluxo nos dois sentidos da BR também estava bem intenso. Muita gente seguindo nos dois sentidos", finaliza.

Eco101

Questionada, a Eco101, empresa que administra a BR 101, alega ser responsável apenas pela manutenção e operação da via, e diz não possuir poder de fiscalização. No entanto, a companhia garante que contribui com a segurança da rodovia por meio de campanhas educativas feitas periodicamente. "A fiscalização rodoviária é realizada apenas pelos órgãos competentes", respondeu a empresa, por meio de nota.

A Eco101 esclarece, ainda, que, no trecho citado há uma balança no quilômetro 304, em Viana, que está parada devido a orientações do poder concedente, Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT).

PRF

Procurada pela reportagem, a assessoria da Polícia Rodoviária Federal (PRF) afirmou que só vai conseguir responder a demanda nesta sexta-feira.

Ver comentários