Notícia

Menina de 15 anos diz que vai à aula e desaparece em Cariacica

Colegas da menina contaram à mãe que ela era usuária de drogas e estava namorando

Rainara de Deus Souza, de 15 anos, desapareceu na última sexta-feira (30)
Rainara de Deus Souza, de 15 anos, desapareceu na última sexta-feira (30)
Foto: Reprodução

Rainara de Deus Souza, de 15 anos, desapareceu na última sexta-feira (30), em Campina Grande, em Cariacica. A jovem disse à mãe que iria à aula com uma amiga, já que estaria sem dinheiro para pagar a passagem de ônibus. A menina desapareceu e só foi vista em Campo Grande, com outras quatro pessoas, nesta segunda-feira (3).

De acordo com a faxineira Silmara de Jesus de Deus, de 34 anos, mãe de Rainara, a menina arrumou uma sacola com roupas porque também havia dito que ficaria na casa de uma amiga da escola. "Isso foi na sexta-feira (30). No mesmo dia eu tentei ligar para ela, minha outra filha tentou fazer contato e só o namorado da outra filha conseguiu falar com Rainara", esclarece. 

A faxineira comenta que o namorado da outra filha disse que Rainara estava no Morro de Itararé, em Vitória, e que não voltaria para casa. "Eu busquei algumas amigas do colégio para saber informações e elas me disseram que minha filha usava drogas. Mas para mim ela nunca disse, e nós sempre tivemos um diálogo aberto", afirma. "Eu não sei mais o que fazer, não sei mais o que pensar. Ela não atende mais os telefonemas de ninguém e não retorna nossas mensagens", lamenta. 

Silmara detalha que antes de desaparecer, a menina estava retraída e calada. "Na quinta-feira (29) e no dia que ela desapareceu (sexta-feira, 30) estava bem quietinha, e eu cheguei a estranhar. Mas eu a questionei e ela só respondeu que estava tudo bem", completa.

A faxineira acredita que a filha já estava com o sumiço programado. "Ela já estava com a sacola pronta. E alguns colegas dela da escola disseram que ela estava com um namorado", justifica. "Enquanto isso eu fico sofrendo, sem saber como ela está, se ela está bem, estou desesperada. Vivo de faxina, não posso ficar sem trabalhar", desabafa.

Ver comentários