Notícia

Cartório realiza registro de pets com sobrenome dos donos

No Cartório Mais Madureira, por R$ 160, é possível oficializar nascimentos, óbito e até mesmo casamentos dos animais de estimação

O tempo e o carinho dedicados aos animais de estimação fazem com que muita gente os considere da família. Há cerca de quatro meses é possível estreitar esse laço, com a realização de um registro de pet. No Cartório Mais Madureira, por R$ 160, é possível oficializar nascimentos, óbito e até mesmo casamentos dos animais de estimação.

Registrada. Luna ganhou o sobrenome da proprietária
Registrada. Luna ganhou o sobrenome da proprietária
Foto: Divulgação

Diretora do cartório, Hebe Adriane explica as vantagens do procedimento.

 

"É um registro público, que funciona como uma declaração civil de responsabilidade pelo animal. Facilita para transporte e viagens, por exemplo. No documento, entram as características do pet, o que ajuda em caso de perda. E podemos colocar o sobrenome dos donos também. E, agora, temos uma parceria que nos permite colocar um chip na coleira, o que facilita na hora de localizar os donos em caso de perda", afirma.

 

A medida é válida também para animais silvestres, desde que o dono tenha autorização para possuí-lo. O documento fica pronto em cinco dias. Dona de três buldogues franceses, a consultora imobiliária Regina Sampaio já registrou o primeiro animal, a fêmea Luna, a concedeu seu sobrenome, o que ainda pretende fazer com os outros dois assim que possível.

"Eu viajo bastante, e esse documento me dá uma segurança, tanto para transportá-la, quanto com relação à segurança, diante da possibilidade de perda ou fuga. Além da comodidade, é gratificante poder fazer um documento desses. É como se realmente estivéssemos formalizando a entrada dos animais na família. Porque, para mim, eles são da família", conclui.