Notícia

Teve o veículo roubado ou furtado? Participe do projeto #cadêmeucarro

Objetivo é coletar dados de vítimas no Espírito Santo e identificar informações sobre a onda de roubos em diversas regiões

Projeto pretende gerar uma base de dados de furtos e roubos de veículos com base no relato dos internautas
Projeto pretende gerar uma base de dados de furtos e roubos de veículos com base no relato dos internautas
Foto: Arte AG

Além de registrar a ocorrência na polícia, muitos capixabas têm usado as redes sociais para relatar casos de furto ou roubo de veículos em todo o Espírito Santo. Se você é um deles, pode ajudar a alimentar o projeto #cadêmeucarro?, criado pelo Gazeta Online para gerar uma base de dados de furtos e roubos de veículos com base no relato dos internautas.

Para participar, basta preencher o formulário abaixo. Dados pessoais serão mantidos em sigilo. 

As informações coletadas serão divulgadas posteriormente aqui mesmo, no portal Gazeta Online

É importante ressaltar que o objetivo do projeto não é criar uma base da dados oficial sobre roubos e furtos de veículos do Espírito Santo. Essa é uma atribuição da Secretaria estadual de Segurança Pública (Sesp).  

Justificativa

As redes sociais e os canais de contato do portal Gazeta Online estão repletos de relatos diários de roubos e furtos de veículos. O objetivo do projeto é ajudar a responder editorialmente às seguintes perguntas: 

- Existem pontos, bairros ou horários que indiquem uma ação mais intensa de ladrões de carros? 

- É possível afirmar que houve aumento de roubos de carros após a greve da PM, em fevereiro? 

- Existe algum modelo / marca com maior incidência de roubo no Espírito Santo? 

- O internauta convive com essa sensação de insegurança em relação ao assunto?

Tem dúvidas? Envie uma mensagem para nosso WhatsApp - (27) 98135-8261 ou para o email [email protected]

 

Ver comentários