Notícia

Mulher quebra o pescoço ao espirrar. Depois, fratura de novo ao gargalhar

A moradora de Melbourne (Austrália) quebrou o pescoço ao dar um espirro mais forte que o normal

A moradora de Melbourne (Austrália) quebrou o pescoço ao dar um espirro mais forte que o normal
A moradora de Melbourne (Austrália) quebrou o pescoço ao dar um espirro mais forte que o normal
Foto: Reprodução/Facebook(Monique Jeffrey

O que para a maioria é algo simples - embora muitas vezes desagradável -, para Monique Jeffrey se tornou um pesadelo.

A moradora de Melbourne (Austrália) quebrou o pescoço ao dar um espirro mais forte que o normal. Aconteceu em 2012, quando Monique tinha 33 anos.

A australiana está se recuperando novamente com a ajuda de colete cervical, ao lado do marido e dos dois filhos
A australiana está se recuperando novamente com a ajuda de colete cervical, ao lado do marido e dos dois filhos
Foto: Reprodução/Facebook(Monique Jeffrey

À época, Monique estava com um bebê recém-nascido. Com dificuldade de movimentação, ela conseguiu ligar para a mãe, que veio ao seu socorro.

A australiana precisou de 14 meses para se recuperar, tendo que usar um colete para corrigir a lesão.

O pesadelo voltou a flertar com Monique no mês passado. Ela voltou a a quebrar o pescoço no mesmo lugar! Só que, desta vez, a fratura não foi provocada por um espirro, mas por uma gargalhada, de acordo com reportagem do "Mirror".

Médicos que cuidam de Monique ficaram boquiabertos com as lesões, dizendo nunca terem visto isso acontecer duas vezes com alguém.

A australiana está se recuperando novamente com a ajuda de colete cervical, ao lado do marido e dos dois filhos.

"Agora que aconteceu pela segunda vez, corro grave risco se ocorrer uma terceira. Estamos tentando fisioterapia para fortalecer os músculos do pescoço. Se quebrar de novo terei que passar por cirurgia de alto risco", comentou a australiana.