Notícia

Foto de professor mostrando orgulho LGBT ao lado de Trump viraliza

Nikos Giannopoulos, professor do ano de Rhode Island, publicou imagem do encontro nesta quinta-feira

No registro, ele usa um bóton de arco-íris em seu paletó e segura o mesmo leque preto para representar a causa LGBT
No registro, ele usa um bóton de arco-íris em seu paletó e segura o mesmo leque preto para representar a causa LGBT
Foto: Facebook/Reprodução

O registro oficial da Casa Branca que mostra o encontro entre o professor do ano do estado de Rhode Island, Nikos Giannopoulos, e o presidente dos Estados Unidos Donald Trump, ao lado da primeira-dama, Melania Trump, não passou despercebido nas redes sociais. Na imagem, Giannopoulos se sobressaiu ao segurar um leque e chamar atenção para o mês do orgulho LGBT.

O professor publicou a foto em seu perfil do Facebook nesta quinta-feira e, desde então, já recebeu mais de 9 mil curtidas e quase 3 mil compartilhamentos.

"O professor do ano de Rhode Island 2017 encontra o 45º presidente dos Estados Unidos. Isso é tudo (que gostaria de dizer)", escreveu, completando com emojis de arco-íris.

Essa não foi, contudo, a primeira vez que o professor viralizou nas redes sociais a respeito de sua visita ao Salão Oval. No último 26 de abril, Giannapoulos publicou um texto e imagens sobre sua ida a Washington devido ao reconhecimento por seu trabalho. Em poucos dias, o primeiro post também sensibilizou usuários do Facebook.

No registro, ele usa um bóton de arco-íris em seu paletó e segura o mesmo leque preto para representar a causa LGBT. Já na segunda imagem da publicação, Giannopoulos divide a cena com os docentes premiados dos outros estados na tradicional visita ao gabinete do presidente americano.

O leque foi um símbolo importante para o professor porque não apenas representa sua gratidão à comunidade LGBT, como também é uma forma, para Giannopoulos, de "celebrar a alegria e a liberdade de não-conformidade de gênero". A variância de gênero é a expressão de comportamento de um indivíduo que não corresponde às normas pelas quais ele é percebido pela sociedade.

Segundo Giannopoulos, o orgulho LGBT significa "rejeitar a vergonha imposta por uma sociedade hostil", além de poder "se abrir a críticas e mal-entendidos, mas sabendo que vale a pena ser capaz de viver com autenticidade".

"Como pessoas LGBTQ, nossas identidades são complexas, mas nossas necessidades são universais — sermos amados, sermos respeitados por quem somos e sermos reconhecidos como cidadãos dos Estados Unidos para usufruirmos integralmente dos direitos", completou, acrescentando a letra "Q" à sigla, lembrando também dos que se identificam como "queer", ou seja, não-binários quanto à identidade de gênero.

Giannopoulos é um professor de educação especial na Beacon Charter High School for the Arts em Woonsocket, segundo o Departamento de Educação de Rhode Island.

 

Ver comentários