Notícia

Motorista da Uber ajuda a salvar passageiro de suicídio nos EUA

Chad Farley conseguiu chamar resgate de forma discreta após homem pedir para ser deixado no meio de uma ponte

Assim que eles chegaram, Farley afirma que pediu para o passageiro contar a história à atendente e ao supervisor do local
Assim que eles chegaram, Farley afirma que pediu para o passageiro contar a história à atendente e ao supervisor do local
Foto: Vitor Jubini | GZ

O motorista da Uber Chad Farley percebeu que havia algo estranho quando um passageiro entrou em seu carro na última segunda-feira (7). O homem, de 28 anos, pediu para ser levado até o meio da ponte Skyway, sobre a baía de Tampa, na Flórida.

Assim que entrou no carro, o passageiro começou a falar sobre o diagnóstico de câncer no cérebro que havia recebido recentemente, como relata Farley em um post no Facebook.

Farley explica que, quando se deu conta do destino do passageiro, começou a ficar preocupado que ele poderia estar prestes a cometer suicídio, então perguntou aonde ele estava indo. "Ele me contou uma história muito esquisita, nem um pouco crível. Ele falou que a ambulância não poderia levá-lo até a cidade de Tampa, e que o médico dele havia dito que ele deveria descer na ponte e usar um dos telefones públicos para chamar uma ambulância de lá", relata.

Assim que eles chegaram às cabines telefônicas, Farley afirma que pediu para o passageiro contar a história à atendente e ao supervisor do local. Enquanto isso, o motorista explica que fez sinais com o olhar para alertar ambos de que havia algo de errado com o passageiro.

"Eu segurei a mão dele, que estava tremendo, e rezei por alguns minutos com ele. Ele começou a rezar quando eu parei", lembra Farley. Antes de deixar o passageiro sozinho, o motorista pediu para tirar uma selfie com ele sob a desculpa que queria uma lembrança do homem com quem havia passado aquele momento espiritual. Na verdade, o objetivo era ter uma imagem clara para enviar às autoridades assim que ligasse para pedir ajuda.

A Patrulha Rodoviária da Flórida afirmou à People que, ao responder ao chamado de emergência, foi até o local, mas o homem pulou da ponte. No entanto, como a equipe já estava pronta para o resgate, foi capaz de retirá-lo da água a tempo. Ainda de acordo com a revista, ele está em estado crítico, porém estável.

A Uber disse à People que aprecia a compaixão e rápida reação do motorista, assim como a resposta das autoridades.

Para quem busca ajuda, além de psicólogos e psiquiatras, o Centro de Valorização da Vida (CVV) oferece apoio online no site, pelo telefone 141, via Skype (acesso pelo site), ou e-mail (mensagem enviada também pelo site). Em todos os canais, o atendimento é feito por voluntários treinados e a conversa é anônima, com sigilo completo sobre tudo que for dito.

Leia o post completo de Farley (em inglês)

Ver comentários