Notícia

Médico tem casa roubada em crime planejado por colega de trabalho

Instrumentador cirúrgico frequentava a casa da vítima e foi o mentor do crime

À esquerda, Elizeu. À direita, Rômulo. Os dois já estão detidos acusados de roubo e formação de quadrilha
À esquerda, Elizeu. À direita, Rômulo. Os dois já estão detidos acusados de roubo e formação de quadrilha
Foto: Montagem

Como um verdadeiro 'amigo da onça', um instrumentador cirúrgico de 33 anos aproveitou-se da amizade que possuía com um médico, colega de trabalho, para planejar um assalto à casa dele, em Cachoeiro de Itapemirim, na região Sul do Espírito Santo. Rômulo Martins Alves frequentava a residência da vítima, observou todos os detalhes do local e os repassou para outros três bandidos, que executaram o crime. O trio roubou joias e dinheiro, além de algumas mercadorias. O prejuízo? Mais de R$ 100 mil. 

Rômulo, que planejou o crime, foi preso nesta quarta-feira (13) ao se apresentar à Delegacia de Crimes Contra o Patrimônio na companhia de um advogado. Elizeu França da Cruz, 28 anos — um dos três bandidos que praticaram o roubo — foi preso no bairro Praça da Bandeira, em Cachoeiro de Itapemirim. Os outros dois criminosos que participaram da ação continuam foragidos. São eles: Fernando Nogueira Lima e Wallace Serbati.

Leia também

O investigador João Batista disse que diversos materiais foram apreendidos nas casas dos suspeitos.  “Na casa de Rômulo foram apreendidos dois carimbos de médicos e dois aparelhos celulares que já foram devolvidos para a esposa dele. Na casa de Eliseu não foi apreendido nada, mas um local que ele usava como boca de fumo foram apreendidos entorpecentes e R$ 1.010,00 em espécie. Já nas casas de Walace e Fernando foram encontrados objetos que foram levados da casa do médico e de outras vítimas”, revelou.

Todos os envolvidos possuem mandado de prisão preventiva em aberto por crime de roubo e formação de quadrilha. Rômulo e Elizeu fora levados para o Centro de Detenção Provisória de Cachoeiro de Itapemirim.

À exceção do instrumentador cirúrgico, todos os envolvidos têm diversas passagens por roubos, furtos, receptação e posse ilegal de armas de fogo. 

O ROUBO À CASA DO MÉDICO

No dia do crime, 2 de julho, criminosos entraram com um carro na garagem do médico
No dia do crime, 2 de julho, criminosos entraram com um carro na garagem do médico
Foto: Polícia Civil

No dia do assalto, 2 de julho, os bandidos invadiram a casa do médico, no bairro Vila Rica, em Cachoeiro, logo ao amanhecer. Elizeu, Anderson e Wallace estavam armados e usavam jaquetas escuras e toucas ninjas. Dentro da residência, os bandidos fizeram duas pessoas reféns e roubaram as joias e os materiais avaliados em mais de R$ 100 mil.

Ver comentários