Notícia

Idoso é preso acusado de estuprar menina de 9 anos em São Mateus

Homem de 60 anos prometia presentes para a criança, que vive em situação precária

Foto: Reprodução

Um homem de 60 anos foi preso na tarde de quarta-feira (11), em São Mateus, no Norte do Estado, acusado de estuprar uma menina de 9 anos. O acusado, que é vizinho da família da menor, dava presentes para a criança em troca dos abusos e pedia que ela não contasse a ninguém o que ele fazia. A família da menina vive em situação precária e mora no bairro há apenas um mês.

De acordo com o boletim de ocorrência, a Polícia Militar foi chamada para atender a denúncia de que o idoso havia saído de bicicleta com a criança havia mais de uma hora e ainda não tinha voltado. Vizinhos acharam estranho o homem sumir com a menina e desconfiaram que ela poderia ter sido abusada, então fizeram apelos para a mãe da criança e chamaram a PM.

Leia também

Foi intensificado o policiamento na região para buscar a garota e os militares receberam a informação que dezenas de moradores, revoltados com o idoso, estavam com pedras e pedaços de madeira para procurar o suspeito.

Após cerca de 40 minutos de busca, os policiais encontraram o homem na bicicleta, carregando a menina. De imediato ele foi abordado e detido, antes que diversas pessoas que correram para próximo da viatura pudessem alcançá-lo. A criança foi levada até os pais e o acusado foi encaminhado ao Departamento de Polícia Judiciária (DPJ) de São Mateus.

Na delegacia, a garota chorou bastante ao lado da mãe e os militares perguntaram o que o idoso havia feito com ela. Aos prantos, a menina contou os abusos sexuais que teria sofrido por parte do suspeito. A menor ainda revelou que o homem mandou que ela não contasse para ninguém o que acontecia e que sempre daria presentes para ela.

Antes, a mãe da criança havia dito aos policiais que o idoso mora em um conjunto de casas no mesmo quintal que a família e a menina vinha apresentando um comportamento diferente há algumas semanas. A filha teria contado à mãe que o acusado teria oferecido a ela um videogame, um celular e uma bicicleta. Quando a mulher teria questionado o motivo dos presentes, a garota chorava e ficava nervosa.

Segundo a PM, a família vive em situação precária no bairro. Os pais da menina têm três filhos – sendo que nenhuma das crianças vai à escola e uma delas tem pouco mais de 1 ano – e a mãe está grávida de quase nove meses. Os militares perguntaram para a mãe o porquê de não ter pedido ajuda antes à polícia. Ela justificou que achava estranho a filha estar sempre com o idoso, mas disse que não tem condições de ficar o tempo todo de olho na garota e que seu marido trabalha na roça, só vai para casa nos finais de semana.

O Conselho Tutelar foi acionado para acompanhar a família. O acusado foi apresentado ao delegado e está preso.

Ver comentários