Notícia

Casal de jovens cai em golpe de carro próprio em Cachoeiro

Eles chegaram a depositar R$ 1,5 mil na conta do golpista, mas não receberam o veículo

O veículo avaliado em R$ 20 mil foi oferecido a R$ 6,5 mil
O veículo avaliado em R$ 20 mil foi oferecido a R$ 6,5 mil
Foto: Reprodução - Redes Sociais

Ter um carro próprio é o sonho da maioria dos brasileiros. Baseado nisso, golpistas estão anunciando veículos abaixo do valor de mercado pela internet e já conseguiram fazer diversas vítimas. Um casal de Cachoeiro de Itapemirim, no Sul do Estado, chegou a depositar R$ 1,5 mil na conta dos farsantes. O veículo que está avaliado em R$ 20 mil, estava sendo vendido por R$ 6,5 mil.

As vítimas preferiram não se identificar, mas a secretária de 20 anos contou que ela e o marido, um pintor automotivo, já procuravam o veículo e encontraram um Celta 2013 completo em uma página da rede social nesta quinta-feira (15). Os golpistas utilizam o nome de uma revendedora de Colatina, no Noroeste do Estado, para vender os veículos.

“Como lá costuma achar uns carros bons e baratos, nem imaginamos. Os amigos do meu marido chegaram a falar que era um golpe e que não era pra comprar, mas já havíamos feito o depósito. Havíamos combinado de dar a entrada de segurança e ele iria mandar o carro junto com um contratado que levaria o dinheiro que faltava. Depois que descobrimos que havíamos entrado num golpe ligamos para ele e ele disse que iria mandar o carro depois das 13h, mas pediu para depositar o que faltava do valor total”, disse,

Esse mesmo golpe usando o nome da mesma revendedora já é aplicado há no mínimo dois anos. A secretária da empresa Cintia Alves, 35 anos, contou que de cinco ou seis pessoas ligam por dia pedindo informações sobre veículos que são ofertados na internet pelos golpistas.

“O dono da concessionária registrou o caso na polícia e entrou com processo contra a empresa que anunciou o carro na internet. Eles anunciam um carro que vale R$ 12,13 mil e tentam vender por R$ 5 mil. Nós nem temos esse Celta que eles anunciaram. Tem dois anos que estamos sabendo e esta uma situação crítica para a empresa”, contou.

Ainda de acordo com Cintia, um rapaz que já foi enganado pelos golpistas chegou a procurar a empresa com uma arma. “Ainda corremos risco de acontecer uma tragédia, um rapaz já veio aqui armado”, finalizou.

 

Ver comentários