Notícia

Doméstica é estuprada dentro de apartamento em São Jose do Calçado

Rapaz de 18 anos foi preso. Ele confessou o crime e ainda ameaçou irmão da vítima com foice

Uma doméstica de 29 anos foi vítima de um estupro na madrugada deste domingo (18) em São José do Calçado, na Região do Caparaó. O acusado, Jonathan do Nascimento Sereno, de 18 anos, confessou o crime, mas alegou que a mulher havia se interessando por ele em um bar.

O crime aconteceu às 4h, quando a mulher chegava em casa sozinha. Segundo o delegado de plantão na regional de Alegre, Dedier de Carvalho, a vítima contou que o rapaz apareceu em seu apartamento. “Ela contou que ele a agarrou e rasgou sua calcinha. Ela resistiu à agressão, deu golpes nele e gritou. Ele saiu correndo e não houve conjunção carnal”, contou o delegado.

A mulher então foi até a casa da mãe e contou o que havia acontecido. Um irmão da vítima acionou a Polícia Militar, que fez buscas, mas não encontrou o Jonathan. Após algum tempo, o rapaz voltou à casa da mãe da vítima e ameaçou de morte o irmão da doméstica com uma foice. Ele ainda jogou um copo de alumínio no irmão da vítima.

A polícia foi novamente acionada e prendeu Jonathan. Na delegacia, ele confessou o crime, mas afirmou que a doméstica havia brigado com o marido, que a deixou sozinha, e ela teria começado a ‘dar bola’ para ele. Jonathan do Nascimento contou ainda que acompanhou a mulher até a casa dela.

A mulher, que sofreu escoriações na boca e corpo, passou por exame no hospital de Alegre. Jonathan do Nascimento foi autuado por crime de estupro, que tem pena prevista de 6 a 10 anos. Ele será encaminhado ao Centro de Detenção Provisória de Cachoeiro de Itapemirim.

Ver comentários