Gazeta Online

Notícia

Tecnologias aumentam precisão de pesquisas para recuperar qualidade ambiental

Segundo especialistas, o monitoramento é a melhor forma de encontrar soluções para problemas que afetam o meio ambiente

A diminuição da qualidade ambiental começou a atingir a população de forma mais intensa. As secas prolongadas, a redução da quantidade e qualidade das águas, as enchentes, os assoreamentos dos rios e as erosões costeiras estão cada vez mais recorrentes e severos em todo o planeta.

Para conter estes fenômenos e reduzir os seus impactos é necessário um trabalho mais ágil e confiável de avaliação e monitoramento do meio ambiente, explica Tobias Betzel, diretor técnico do Labmar, empresa de Geociências especializada em estudos e levantamentos costeiros e fluviais.

Os trabalhos e pesquisas em geociências têm avançado muito. Equipamentos analógicos estão sendo substituídos por métodos acústicos, óticos, entre outros que tornam o levantamento de dados mais rápido, preciso e eficiente
Tobias Betzel, diretor técnico do Labmar

Recuperação de ambientes aquáticos

Para recuperar o ecossistema de um rio, mar, lago ou estuário assoreado ou contaminado é necessário estudar o seu comportamento. Verificar como acontecem os processos de erosão, o transporte de água e sedimentos e a deposição deste material, é fundamental, já que as ações do homem podem modificar e prejudicar estes movimentos e acelerar a degradação destes ambientes.

Para levantar e processar dados relacionados ao meio ambiente com precisão, o Labmar investe em tecnologias de ponta. “Buscamos nos aprimorar através de inovação e pesquisa, procuramos sempre um “algo a mais” para garantir ao cliente um produto que ultrapasse suas expectativas, seja por meio de novos equipamentos, softwares, desenvolvimento e aperfeiçoamento de técnicas, entre outros”, esclarece.

Vigilante ambiental

Segundo Tobias, o monitoramento é a melhor forma de encontrar soluções para problemas ambientais. Por isso, apostam e trazem para o Brasil- em parceria com uma empresa norte-americana - um sistema de alerta e medições em tempo real para particulados em suspensão: o SediMeter. Ele atua como um vigilante da qualidade ambiental, sendo uma ferramenta de gestão de alta significância.

“Trata-se de um equipamento ótico que mede a turbidez da água deposição, sedimentação e erosão de sedimento. Esta ferramenta tem aplicabilidade em vários campos de pesquisa, como monitoramento de áreas de dragagem e de bota-fora, monitoramento de plumas contaminadas em corpos d’água, estudos de erosão costeira, entre outros”, diz Tobias.

Como funciona o Sedimeter em estudos de transporte e deposição de sedimento
Foto: Estúdio Gazeta