Gazeta Online

Notícia

Conheça a história de Frank, o gato que nasceu com quatro orelhas

Bichano foi resgatado sem o olho direito e vive hoje com quatro outros pets, mas um problema de saúde ainda exige cuidados clínicos

Frank leva uma vida normal hoje e interage com os outros animais do seu lar
Foto: Reprodução/Instagram
No ad for you

Um filhote de gato foi encontrado pela ONG Geelong Animal Welfare Society numa casa em Geelong, na Austrália, junto ao seu irmão em fevereiro deste ano. O felino, que na época tinha dez meses, preocupou a equipe de resgate por não ter o olho direito e precisar de uma cirurgia. Contudo, o que mais surpreendeu foi a presença de um par extra de orelhas.

O animal foi levado à clínica veterinária e cativou os cuidadores pela sua característica peculiar, em especial Georgia Anderson. "Ele estava sentindo muita dor, mas a primeira coisa que fez quando o peguei foi esfregar seu rosto no meu", recordou em entrevista ao portal americano de direitos animais The Dodo.

Assim, a voluntária se apaixonou pelo bichano, apelidado de Frank, e resolveu abrigá-lo temporariamente em sua casa para cuidar dele durante o pós-operatório.

Georgia já tinha feito isso com cerca de 80 gatos no ano anterior, e o pequeno poderia ser só mais um em meio aos outros. No entanto, o novo morador se tornou mais especial que os demais e a mulher resolveu adotá-lo. "Ele foi o primeiro que eu sabia que iria me arrepender de devolver", confessou.

Hoje, com um ano e cinco meses, Frank vive com três outros gatos - Toothless, Mina e Lucius Malfoy - e um cachorro da raça Beagle chamado Dudley, numa relação de muito companheirismo. "Ele mudou a vida de Lucius. Os dois amam estar um perto do outro. Quando o peguei, o bichano era tímido, mas ele tem se mostrado mais desde a vinda de Frank", afirmou Georgia.