Gazeta Online

Notícia

Quanto custa um imóvel nos bairros mais valorizados da Grande Vitória

O preço do metro quadrado de imóveis novos em Vitória e Vila Velha varia de R$ 5,5 mil a R$ 12 mil

A orla de Vila Velha é um dos locais mais concorridos, segundo o diretor da Associação de Empresas do Mercado Imobiliário (Ademi-ES)
Foto: Filipi da Mata

Infraestrutura. Esta é a principal característica dos bairros mais valorizados da Grande Vitória. Eles estão em Vitória e Vila Velha e oferecem muitas opções de comércio, serviços e lazer para seus moradores. O preço do metro quadrado de imóveis novos nestas cidades varia de R$ 5,5 mil a R$ 12 mil.

As praias e a infraestrutura necessária para o dia a dia são motivos que fazem de Vila Velha uma das cidades mais procuradas para moradia. Além disso, o preço do metro quadrado é mais atrativo em relação a Vitória.

A orla de Vila Velha é um dos locais mais concorridos, segundo o diretor da Associação de Empresas do Mercado Imobiliário (Ademi-ES) Gustavo Figueiredo. “Apesar da boa quantidade de imóveis à venda, são poucos terrenos disponíveis. Ainda existem algumas oportunidades, mas são cada vez mais raras” 

O especialista informa que o preço do metro quadrado em toda a orla custa, em média, R$ 10 mil. Os bairros mais valorizados da cidade são Praia da Costa, Itapoã e Itaparica. “A localização influencia no preço do imóvel. As unidades que estão situadas de frente para o mar têm preços que partem de R$ 1 milhão”. 

Já nos imóveis novos a duas quadras da orla, o preço do metro quadrado baixa para R$ 7 mil, na Praia da Costa e em Itapoã. Em Itaparica, o metro quadrado custa, em média, R$ 5.500.

BENEFÍCIOS

Além de estarem situados em regiões nobres, os apartamentos novos oferecem uma série de benefícios. Entre eles, o acabamento de padrão mais alto e uma boa variedade de itens de lazer. 

“Hoje a população tem evitado o deslocamento por questões de conforto e segurança. Os novos empreendimentos trazem essas vantagens, facilitando o dia a dia das pessoas e promovendo o bem estar da família”, explica Gustavo.

VITÓRIA

Segundo o consultor imobiliário José Luiz Kfuri, a Capital lidera com o metro quadrado mais caro do Estado, custando, em média, R$ 12 mil. Os bairros mais concorridos são Praia do Canto, Enseada do Suá, Barro Vermelho, Bento Ferreira e Mata da Praia.

Os lançamentos são ainda mais valorizados nessas regiões, porque além da localização privilegiada, existe escassez de terrenos e grande procura por unidades habitacionais novas. 

“O preço mais alto se dá pela dificuldade de encontrar terrenos para construir moradia e pela grande demanda. É a lei da oferta e da procura”, destaca Kfuri.

Ele acrescenta que as pessoas têm priorizado a mobilidade para resolverem suas tarefas diárias. Por isso, querem morar perto do trabalho e buscam bairros com infraestrutura para resolverem tudo perto.

No ad for you
Outbrain