Gazeta Online

Notícia

Medo de fracasso no Brexit faz fabricante do biscoito elevar estoques

Mondelez se previne contra falta de produtos usados em seus biscoitos e chocolates

Pacote de biscoito Oreo
Foto: Divulgação

A gigante do setor de alimentos Mondelez International, dona de marcas de biscoitos como Lu e Oreo e do fabricante britânico de chocolates Cadbury, está reforçando seu estoque de biscoitos e de ingredientes para seus chocolates e outros doces, caso não se chegue a um acordo sobre o Brexit , informou o jornal britânico "The Times" nesta terça-feira.

Segundo a publicação, o grupo aumentou suas reservas habituais de matérias-primas, antecipando-se ao cenário de uma saída do Reino Unido da União Europeia sem um acordo que suavize o impacto. A conclusão do Brexit está prevista para final de março de 2019.

"Nos preparamos para um Brexit duro e, para atenuar o impacto para a Mondelez, estamos fazendo reservas nos níveis mais elevados de ingredientes e de produtos", disse o presidente da Mondelez Europe, Hubert Weber, citado pelo "The Times".

Weber afirmou que a Mondelez elaborou "um plano de contingência" para enfrentar um eventual Brexit sem acordo. Bruxelas e Londres enfrentam dificuldades para chegar a um acordo sobre as condições da saída britânica da UE.

"Elaboramos um plano de contingência porque, já que o Reino Unido não é autossuficiente em termos de ingredientes alimentares, pode ser complicado", explicou.

Não foi possível um contato com o grupo para comentar a notícia.

No ad for you