Notícia

A banha de porco é uma opção saudável? Veja o que dizem especialistas

Especialistas falam dos diferentes tipos de gordura para cozinhar

Para refogar o arroz e o feijão, para fazer um franguinho grelhado... O que vai na sua panela? Você prefere óleo comum, manteiga, margarina, azeite ou banha de porco? Segundo os especialistas, não dá para afirmar qual desses tipos de gordura é o mais saudável para se usar na cozinha.

Quer dizer, quanto à margarina, no entanto, eles foram unânimes: é a pior opção de todas. “Não tem nutriente nenhum, deveria até ser proibida. Só é vendida porque é uma gordura mais barata”, argumenta a nutricionista Marcela Villela.

Muita gente resolveu voltar ao tempo da vovó e apostar na banha de porco para cozinhar. Um dos motivos é que o produto tem origem animal e é livre de gordura trans, aquela abundante nos óleos comuns e apontada como causa de problemas cardiovasculares.

banha de porco é uma opção saudável na hora de cozinhar
banha de porco é uma opção saudável na hora de cozinhar
Foto: Shutterstock

Por isso, a escolha é boa, dizem os especialistas, mas com ressalvas. “As pessoas têm substituído o óleo de soja pela banha de porco. É uma opção saudável, desde que tenha um equilíbrio no consumo, ou seja, usar em pouca quantidade”, indica Marcela. O mesmo vale para a manteiga. “É o mesmo tipo de gordura”, diz ela.

Mas saber a procedência da banha é importante, como destaca a nutricionista Fabiana Furlani. “As de supermercado não são indicadas. O ideal é comprar em lojas de embutidos artesanais para ter a garantia de que o porco tem maior qualidade”, orienta.

Óleos

Com uma variedade imensa de óleos vegetais nas prateleiras, fica difícil para o consumidor comum saber qual levar para casa. No topo da lista, à frente do de soja, de milho ou canola, está o de girassol, de acordo com Fabiana. “O de girassol é o melhor porque não é transgênico. E ainda tem a opção do prensado a frio, que não passou pelo processo de refino”, cita.

“O problema dos óleos vegetais é que as pessoas costumam usá-los todos os dias no preparo das refeições. Eles são ricos em Ômega 6, associado a inflamações, a maior causa de doenças crônicas”, afirma a médica e nutróloga Mariana Comério. Ela também prefere apostar na banha de porco. “Fica até mais saborosa a comida. Mas o certo é usar com moderação.”

Se houvesse uma escala do tipo mais saudável entre as gorduras vegetais, o azeite ganharia disparado. “É a melhor opção porque não tem contraindicação. Mas não dá para usar para fazer frituras de imersão, como uma batata-frita, por exemplo. Precisamos de uma gordura que aguente altas temperaturas”, observa Marcela Villela.

Dica

Na dúvida, Fabiana tem uma dica: “Recomendo sempre que haja um rodízio entre os tipos de gordura no dia a dia e procurar usá-las em menor quantidade”.

Para não correr maiores riscos, o certo mesmo é evitar muita gordura na comida. “Melhor do que fritar o alimento, é cozinhá-lo ou assá-lo. Há muitas alternativas para substituir a fritura de imersão, entre elas aquelas panelas que fritam sem óleo, com ar quente”, indica Marcela.

Banha de porco

Porque usar

É um tipo de gordura saturada, como toda gordura de origem animal. Não é para usar em grandes quantidades e para tudo, pois esse tipo de gordura pode aumentar o colesterol

Como usar

Utilize para refogar a comida e fazer pequenas frituras. Vale checar a procedência do porco, se é criado solto, por exemplo. Opte por lojas de embutidos artesanais

Manteiga ou margarina

Menos saudável

A margarina é, de longe, a pior opção. Prefira a manteiga, que é a mesma gordura da banha de porco. O problema é que algumas pessoas sentem maior desconforto por causa da fermentação do leite

Óleos vegetais

Porque usar

Da classe da gordura insaturada, ão os mais indicados para o uso, mas também com moderação. O de soja é o mais barato, mas não o mais saudável. Na mesma categoria estão o de canola e milho, que são alimentos transgênicos (geneticamente modificados). O de girassol seria a melhor opção

Azeite

Dos tipos de gordura vegetal, o azeite é o monoinsaturado e ajuda a reduzir o colesterol ruim no organismo. Pode ser usado para tudo, mas não funciona com frituras de imersão, por não suportar altas temperaturas

Óleo de coco

Extraído do coco fresco, sem uso de altas temperaturas e de processos químicos, é uma boa opção. Mas é gordura saturada. Ou seja, use com moderação

Ver comentários