Notícia

Conheça a toranja: nova aliada contra o câncer

Testes mostraram que fruta pode inibir início da doença

Por ter um sabor mais amargo,  a  toranja é muito usada  para produção de doces
Por ter um sabor mais amargo, a toranja é muito usada para produção de doces
Foto: Pixabay

Já provou uma toranja? Parecida até no nome, ela é uma parente da laranja. Ambas são grandes e redondas, têm gomos e sabor cítrico, além de serem cheias de vitaminas. Mas tem uma coisa que leva essa fruta a ser ainda mais especial: ela pode ajudar a prevenir o câncer.

Também conhecida como grapefruit lá fora, a toranja virou alvo de várias pesquisas. Uma delas, feita numa parceria entre o Instituto Capixaba de Pesquisa, Assistência Técnica e Extensão Rural (Incaper), a Universidade de Vila Velha (UVV) e outras duas instituições de ensino norte-americanas demonstrou que ela tem efeitos anticancerígenos. O resultado do estudo foi publicado, em junho deste ano, na revista internacional Phytotherapu Research.

“Esse estudo foi feito com um tipo de toranja encontrado em Burarama, no Sul do Estado. Por isso, ela recebeu o nome de Toranja Burarama e foi levada para nosso banco genético, para análise em nossa fazenda experimental, em Sooretama”, explica o pesquisador do Incaper e doutor em Fitopatologia, José Aires Ventura.

Funções

Após análises in vitro, os pesquisadores identificaram que a toranja, além de ser um excelente alimento, tem funções medicinais. “Ela se mostrou um importante alimento. Mas mais do que isso, um nutracêutico, que é quando o alimento tem propriedades medicinais, ou seja, pode ser usado para o desenvolvimento de produtos pela indústria, como os medicamentos”, diz Ventura.

De acordo com Denise Coutinho Endringer, farmacêutica e diretora de Pesquisa, Pós-graduação e Extensão da UVV, o objetivo da pesquisa era descobrir se a fruta tinha capacidade de prevenir o câncer. “Escolhemos a toranja porque nos Estados Unidos a grapefruit tem um histórico de ser preventiva de câncer”, afirma.

Por aqui, a conclusão foi a mesma: que a espécie tem propriedades quimioprotetivas, ou seja, que podem prevenir o aparecimento de células cancerígenas, conforme foi constatado nos testes com células in vitro.

Leia também

“Nessa bateria de ensaios, vimos que a fruta tem vários constituintes químicos que agem nas células, retardando o início de um câncer. Vamos continuar os testes e, no futuro, testar com animais e depois em humanos”, destaca a pesquisadora.

Pesquisas em paralelo a essa e com o mesmo objetivo foram feitas com outras frutas, como manga, banana, mamão, abacaxi e açaí juçara.

Polifenol

“Vários estudos além dos nossos mostraram que essas frutas têm grande potencial anticancerígeno. Na banana, por exemplo, há a presença de polifenol, substância que dá o sabor característico e que, ao ser ingerido e absorvido no organismo, inibe o processo que dá origem ao câncer”, explica Denise.

Mesmo sem os resultados com humanos, a pesquisadora recomenda o consumo dessas frutas. “Esses estudos são um forte indicativo de que o consumo de frutas é benéfico e poderia agir nesse sentido, como prevenção ao câncer.”

Características da toranja

É laranja?

Apesar de várias semelhanças na aparência e de ser da mesma família, a toranja é diferente da laranja. É uma outra espécie de fruta.

E o sabor?

O sabor é mais amargo. Alguns tipos de toranja são muito usados na culinária em receitas de doces e compotas.

Estudo

Toranja Burarama

O estudo do Incaper com a UVV e outras instituições de ensino norte-americanas foi feito a partir da descoberta da toranja burarama, que recebeu esse nome porque foi encontrada na região de Burarama, no Sul do Estado.

 Análises

A toranja passou a integrar o banco de germoplasma do Incaper, que funciona numa fazenda experimental em Sooretama.

Propriedades

Após análises com células in vitro, foi descoberta uma alta atividade antioxidante dessa fruta. Descobriu-se que ela tem propriedades quimioprotetivas contra o câncer, ou seja, com

efeito de prevenção à doença. No futuro, serão feitos testes com humanos.

Ver comentários