Notícia

Veja como se preparar para aguentar a folia

Malhação e dieta certa ajudam a manter o pique no carnaval

Foto: Marcelo Prest

A dentista Katherine Braga Taylor, de 27 anos, está contando os dias para o carnaval. Foliã de carteirinha, ela quer fazer bonito na avenida. “Pela quarta vez vou desfilar numa comissão de frente no Carnaval de Vitória”, conta. Pensa que acabou? Depois, no feriadão, ela vai sair atrás dos blocos de rua. “Cada dia será em um bloco diferente.”

Para aguentar a maratona, Katherine diz que se prepara há alguns meses. “Comecei a fazer dieta e a correr no calçadão para ganhar resistência. Desde o ano passado, já perdi 15 quilos. Desfilar não é moleza. Já vi colega desmaiar no final.”

Não é moleza mesmo! É preciso ter estrutura para dar conta de tanto samba, como lembra o personal trainer Carlos Lima. Segundo ele, o tempo é curto, mas é suficiente para estar pronto para se esbaldar no carnaval, sem dores no dia seguinte.

“Entrar para a academia e fazer um treino focado fará toda diferença no resultado e na performance no carnaval”, diz o personal.

FORTALECIMENTO

Ele recomenda trabalhar principalmente pernas e a região da coluna nesses dias que faltam para a folia: “Como a pessoa vai ficar muitas horas seguidas, dias até, pulando sem parar, é importante focar nos membros inferiores e no fortalecimento do core, que é a região abdominal e lombar”.

Para quem está um pouco acima do peso, vale apostar em exercícios aeróbicos para queimar gordura. “Perder peso é fundamental, pois vai ajudar a diminuir a sobrecarga nos joelhos, nos tornozelos”, orienta o personal.

Para estar com pique total, não basta malhar. Comer direito é outro segredo dos mais experientes no assunto. Como é o caso da empresária Geovana Garcia, 29 anos, que desfila pela MUG no Carnaval de Vitória há 14 anos. Ela, que vai pisar na avenida como musa da escola este ano, teve que mudar a dieta e intensificou na malhação, com direito a boxe. “Dou maior atenção à alimentação nesse período. Cortei açúcar e gordura. Chocolate, por exemplo. Também aumentei o consumo de cálcio, ômega-3, multivitaminas e minerais, fibras e proteína”, citou a musa.

Leia também

A nutricionista Rayanne Pimentel ressalta que é bom incrementar a dieta com boas fontes de gordura, como abacate, azeite, castanhas. “Deve-se evitar produtos industrializados, de forma geral, priorizando alimentos que são fontes de energia. Chás diuréticos podem ajudar.”

“Os carboidratos de qualidade, como as batatas e os grãos integrais, oferecem um dos principais combustíveis para nossas células: a glicose. Grãos como a granola sem açucar com os flocos de aveia, a quinoa e o amaranto são excelentes opções para adicionar em sucos e saladas de frutas no café da manhã”, complementa o médico Wesley Schunk.

Segundo o médico, as proteínas, como as carnes, não podem ficar de fora. “Elas também são fontes de vitaminas. Devem ser consumidas grelhadas, assadas ou cozidas”, indica.

Musa da MUG, Geovana consome mais fibras  e proteína
Musa da MUG, Geovana consome mais fibras e proteína
Foto: Carlos Alberto Silva

AMEAÇA

Schunk lembra que os energéticos são opções para auxiliar a manter o fôlego durante a folia, mas podem se tornar uma ameaça à saúde se misturados com álcool.

Como os dias de folia vêm acompanhados de muito calor, a nutricionista Rayanne destaca que é preciso caprichar na hidratação. “É um período muito quente. A pessoa deve procurar ingerir até mais água do que está acostumada no dia a dia, por causa do suor excessivo. Uns dois ou três litros de água por dia. Pode ser água de coco, suco natural...”.

COM PIQUE PARA SAMBAR

Vá malhar

Mais leve

Vale apostar em exercícios aeróbicos, que ajudam a queimar gordura e auxiliam na perda de peso. Assim, você ficará mais leve e evitará sobrecarga nas articulações mais exigidas nessa época

de folia.

Estrutura reforçada

Faça treinos focados no fortalecimento de pernas e também da região abdominal, o

que evitará dores lombares e nos membros inferiores durante o carnaval. Pode ser musculação ou treinos rápidos funcionais.

Coma direito

Alimentos certos

Vale apostar em alimentos mais naturais e que dão energia, como boas fontes de carboidrato (batata doce, aipim, banana da terra, arroz integral) e de gordura (abacate, azeite, castanhas). Carnes também ajudam a garantir o pique, além de frutas ricas em vitamina C e potássio (manga, mamão, maçã, banana, uva, abacaxi, por exemplo).

Hidratação

Mantenha a hidratação para repor o que é perdido no suor. Mas não exagere nas bebidas alcoólicas, nem as misture com energéticos.

Ver comentários