Notícia

Conheça seis autoexames que podem salvar a sua vida

Manchas na pele e caroços podem não ser bom sinal

Foto: Shutterstock/Arquivo A GAZETA

Cerca de 80% dos cânceres de mama no Brasil são diagnosticados após um simples autoexame que a mulher – mais acometida pela doença – faz em casa, segundo estatística do Instituto Nacional de Câncer (Inca). Depois disso não precisamos nem detalhar muito sobre a importância de observar o próprio corpo, não é mesmo? Outros tipos de testes, que podem ser feito em casa mesmo, também conseguem dar indícios de doenças que matam, como meningite, AVC e dengue hemorrágica.

De acordo com a médica Ellen Tótola, todos os médicos indicam o autoexame, mas a necessidade do check-up periódico não deve ser eliminada. “Em alguns casos, a pessoa consegue ficar livre da doença, mas em outras situações já é tarde demais para iniciar o tratamento”, diz.

Ela explica que no câncer de mama, por exemplo, quando o nódulo consegue ser palpável ele já é, geralmente, maior que 1 centímetro. “E aí um tumor deste tamanho já está em um estágio avançado”, corrobora.

Leia também

A coordenadora do pronto-socorro adulto do Hospital Metropolitano, Ana Carolina Sanchez Toledo, também concorda sobre a importância dos testes em casa: “Dengue hemorrágica, meningite e AVC são doenças que podem levar à morte e simples observações feitas em casa podem ajudar no diagnóstico”.

Segundo Ana Carolina, outras doenças não letais também podem ser resolvidas a partir de uma observação simples. Nesses casos, o paciente não corre risco de morte, mas consegue se livrar de uma baita dor de cabeça – ou na coluna – se prestar atenção no próprio organismo.

OS AUTOEXAMES

Teste do laço

Desenhe um quadrado de 2,5 cm no antebraço. Verifique a pressão arterial em pé e sentado e faça uma média do valor das duas. Em seguida, infle o medidor da pressão por cinco minutos ou até formar petéquias (manchinhas no braço). Caso dentro do quadrado haja mais de 10 manchinhas (em crianças) ou 20 (em adultos), pode ser sinal de dengue hemorrágica.

Escala de Cincinatti

Este teste pode revelar um AVC nesses casos: se você não conseguir sorrir e ficar com o rosto simétrico; se você não conseguir levantar os dois braços, de olhos fechados, a um ângulo de 90 graus ao mesmo tempo; ou se você não conseguir pronunciar uma fala simples, como “o céu é azul” de forma clara.

Sinal de Brudzinski

Deitado, sem travesseiro, flexione a cabeça em direção ao peito. Se houver dor ou os joelhos dobrarem, pode indicar meningite.

Autoexame das mamas

Em pé (pode ser no banho), levante o braço esquerdo e apoie-o na cabeça. Com a mão direita, examine o seio esquerdo. Divida-o em faixas e analise cada faixa lentamente com a polpa dos dedos (pontas e unhas não valem). Faça movimentos circulares e repita do outro lado. A presença de caroços ou nódulos pode indicar câncer de mama.

Teste de Lasegue

Deitado, tente elevar devagar a perna até mais ou menos 40 graus. Se sentir dor na lombar ou glúteo, acompanhado de dormência, pode ser que você tenha neurite do nervo ciático.

Teste de Phalen

Fique com os punhos em flexão completa, empurrando o dorso das mãos juntas por até 60 segundos. Casa haja sensação de queimação ou formigamento, isso pode indicar Síndrome do Túnel do Carpo.

Ver comentários