Notícia

Como fica a Ales após a renúncia coletiva da Mesa Diretora eleita

Ouça a análise do comentarista Vitor Vogas

Com a renúncia da chapa eleita para 2021-2023 na Assembleia Legislativa, uma nova eleição pode ser convocada para qualquer data. Ações judiciais questionam a constitucionalidade da PEC que garantiu a antecipação da eleição na Ales em mais de 400 dias. 

A decisão da renúncia, anunciada nesta quarta-feira (4) e assinada por 22 deputados, entre eles o presidente Erick Musso (Republicanos), não altera a norma definida pela Proposta de Emenda à Constituição (PEC) da eleição antecipada, aprovada pela Assembleia dois dias antes da eleição. Ouça a análise do comentarista Vitor Vogas. 

Ver comentários