Notícia

Quando um ato indigno pode levar à perda da pensão alimentícia?

Ouça o quadro Questões de Família

Nesta edição do Questões de Família o comentarista José Eduardo Coelho Dias traz como destaque quando um comportamento indigno por parte daquele que recebe a pensão alimentícia podem levar à revogação desse direito. Quem participa desta conversa é Luis Gustavo Narciso Guimarães, advogado especialista em Direito de Família. O especialista explica que, por lei, existem formas para que o alimentante consiga parar de pagar o alimentado. "Sejam com atos contra a vida e honra - como tentativa de homicídio e agressão - até ofensas graves, calúnia e desamparo".

Ver comentários