Notícia

Estudo aponta aumento da sobrevivência ao câncer em todo o mundo

Instituto Nacional de Câncer (Inca) fez um recorte da qualidade de vida durante e após à doença no Brasil

O Instituto Nacional de Câncer (Inca) divulgou um estudo pioneiro, nesta semana, que mostra um aumento da sobrevivência à doença em todo o mundo. O estudo “Compreendendo a Sobrevivência ao Câncer na América Latina: O caso do Brasil” aponta que logo após o diagnóstico de câncer, o paciente precisa mudar seus hábitos e rotinas. Mas mesmo depois do tratamento, mazelas físicas, econômicas e sociais podem existir. É por isso que essas pessoas são chamadas de sobreviventes, desde que a doença é anunciada até o último dia de suas vidas. Liz Almeida, médica epidemiologista, chefe da Divisão de Pesquisa Populacional do Inca e coordenadora executiva do estudo é a nossa entrevistada. Confira!

 

Ver comentários