Notícia

Economista orienta como organizar as contas e sair do vermelho

Falar de endividamento das contas e orientações sobre como sair do vermelho é fundamental para quem deseja ter as contas equilibradas. Confira a entrevista com o economista Ricardo Paixão

Os dados impressionam: no Brasil, atualmente, são cerca de 14 milhões de pessoas estão desempregadas e muitas famílias estão endividadas a ponto de não conseguir arcar com seus compromissos. Nesse cenário, falar de endividamento das contas e orientações sobre como sair do vermelho é fundamental para quem deseja ter as contas equilibradas. É sobre esse assunto que a gente conversa, agora, com Ricardo Paixão, economista e presidente do Conselho Regional de Economia do Espírito Santo (Corecon-ES).

Para Paixão, por mais que o orçamento seja apertado para a maior parte dos brasileiros, um ponto fundamental que deve ser destacado é o da necessidade de planejamento financeiro. “Mesmo com o orçamento mais apertado, tocar no ponto do planejamento financeiro é fundamental. Tentar arcar com as contas elementares e ser criterioso com novos gastos é muito importante quando se fala de orçamento financeiro”, defende. Outros pontos defendidos por ele: enxugamento de gastos, ser criterioso com relação a compras e saber qual é o seu perfil de investidor também são elementos fundamentais nessa discussão. Confira!

Ver comentários