Notícia

Entenda como ocorre a infecção pelo norovírus

Os principais desafios para o combate a esse vírus incluem suas frequentes mutações genéticas e recombinações, que possibilitam a uma pessoa se infectar mais de uma vez e dificultam o desenvolvimento de uma vacina

Autoridades da área de saúde entregaram, nesta terça-feira (07), o relatório elaborado para investigar o surto de diarreia que culminou na morte de uma criança de 2 anos e a interdição de uma creche particular, em Vila Velha. Foi apresentado que foram identificados 37 casos de surto de diarreia com foco na creche. Que dois casos foram confirmados com a bactéria Escherichia coli - forma mais grave - e outros 11 com norovírus. 

O pesquisador destaca que apesar de ser, hoje, a principal causa das diarreias provocadas por vírus no mundo, pouca gente já ouviu falar em norovírus. Os principais desafios para o combate a esse vírus incluem suas frequentes mutações genéticas e recombinações, que possibilitam a uma pessoa se infectar mais de uma vez e dificultam o desenvolvimento de uma vacina.

“Durante muito tempo, a incidência de norovírus esteve associada a ambientes confinados, como creches, asilos ou navios de cruzeiro. Hoje, a transmissão é amplamente distribuída e atinge pessoas de diferentes idades, em diversos locais”, explica. Confira a entrevista com o virologista Tulio Machado Fumian, pesquisador do Laboratório de Virologia Comparada e Ambiental da Fiocruz.

 

 

Ver comentários