Notícia

Vila Velha vai decretar situação de emergência após fortes chuvas

A cidade recebeu aproximadamente 200 milímetros de chuva em apenas 24 horas, no período compreendido entre a sexta-feira (17) e o sábado (18), de acordo com o Centro Nacional de Monitoramento e Alertas de Desastres Naturais (Cemadem)

A prefeitura de Vila Velha vai decretar nesta segunda-feira (20) situação de emergência no município em virtude dos estrados provocados pela chuva. Segundo o secretário de Defesa Social da cidade, Oberacy Emmerick Junior, em abrigos há ainda 50 pessoas aguardado a água baixar. Para a prefeitura, somente com obras de macrodrenagem é que os alagamentos na Grande Cobilândia poderão cessar.

O coordenador de Comunicação do Corpo de Bombeiros, tenente-coronel Carlos Wagner Borges, informa que além de Vila Velha, onde há desabrigados, há sete pessoas desalojadas em Vitória, três em Cariacica e três em Guarapari. Segundo ele, a semana será de estiagem, o que contribuirá para a redução do volume de água e a possibilidade de volta para a casa. Borges destaca ainda que no caso de Vila Velha, há necessidade de um plano emergencial para chuvas.  

 

 

A Secretaria de Estado de Saneamento, Habitação e Desenvolvimento Urbano (Sedurb) informa que para o Canal Marinho está prevista a construção de um sistema de bombeamento para a baía de Vitória, com comportas de maré. Também será executado o dique Marinho Marilândia, com sistema de bombeamento do Canal Marilândia para o Canal Marinho. Será construída ainda uma estrutura de amortecimento de vazão do Córrego Campo Grande em direção ao Canal Marinho. As ações estão em fase de projeto, com início das obras previsto para dezembro de 2019.

Ver comentários