Notícia

Capixabas entram em seleção de projetos para reforma de Notre Dame

Incêndio atingiu telhado da Catedral
Incêndio atingiu telhado da Catedral
Foto: Thibault Camus

Em abril deste ano, um incêndio atingiu a catedral de Notre-Dame, em Paris. A agulha da catedral e o telhado colapsaram, e o interior de alguns dos artefatos do local foram gravemente danificados. Após o ocorrido, o presidente francês, Emmanuel Macron, anunciou um concurso internacional para escolher o projeto de reconstrução da catedral. Desde então, escritórios de arquitetura do mundo lançam suas ideias. E o projeto de um escritório capixaba de arquitetura está selecionado para receber votação nesta seleção que reúne dezenas de projetos. Em entrevista ao programa CBN Vitória, o arquiteto Alexandre Martins, um dos idealizadores do projeto do escritório que fica em Vila Velha, fala sobre a discussão em torno de um patrimônio tão importante. Ouça na íntegra:

"Quando você tem um monumento, edifício ou intervenção como essa, que tem um interesse público - como é o caso da Catedral -, um Patrimônio da Humanidade, essas modalidades de concursos ampliam a discussão do que vai ser feito, qual a qualidade do trabalho que a gente quer e as suas características. Ajuda a definir diretrizes para uma intervenção mais bem estruturada e encaminhada. Ampliar a discussão é a grande mensagem", frisou.

Projeto de escritório capixaba concorre em seleção para ser usado na reforma de Notre Dame, na França
Projeto de escritório capixaba concorre em seleção para ser usado na reforma de Notre Dame, na França
Foto: designnotredame.com/

 

 

Martins destaca que o projeto foi criado a aproximadamente um mês e uma das propostas é é fazer com que o teto do monumento fosse um ambiente aberto ao público. "Não se trata de um espaço que era inutilizado, apenas não era acessível. Neste momento a ideia é que o público passe a frequentar essa parte da Catedral".

Além disso, história e modernidade também poderiam caminhar juntas nessa proposta. “A ideia é respeitar a parte história, mas trazer algo também mais moderno para a catedral, criando um espaço de exposições dedicado a memória da igreja e as artes”, aponta.

Vale lembrar que a votação, que está em aberta desde o início do mês, vai até dia 31 de julho. O projeto, de número 10278, pode ser votado por meio do site www.designnotredame.com.

Ver comentários