Notícia

Motoristas de aplicativo poderão aderir ao MEI; entenda as regras

Ao se formalizar, o motorista passa a ter direito a benefícios, como auxílio-doença, aposentadoria por invalidez e auxílio-reclusão

A categoria de motoristas de aplicativos, agora, aparece na lista de profissões que podem ser classificadas como Microempreendedor Individual, o MEI. O programa foi criado há dez anos para a formalização de trabalhadores autônomos e pequenos negócios. Com isso, ao se formalizar, o motorista passa a ter direito a benefícios, como auxílio-doença, aposentadoria por invalidez e auxílio-reclusão. Quem dá detalhes do assunto é o auditor fiscal da Receita Federal, Rafael Neves Carvalho.

Ver comentários