Notícia

Preço menor na licitação inviabiliza obras na Segunda Ponte a noite

Ouça a entrevista com o superintendente do Dnit no Espírito Santo, Romeu Scheibe Neto

As obras de recuperação da Segunda Ponte devem durar 12 meses, segundo expectativa do superintendente do Dnit no Espírito Santo, Romeu Scheibe Neto. Em entrevista à rádio CBN Vitória, o superintendente explicou que com a publicação, nesta terça-feira (20), do contrato de execução da obra no Diário da União, num período de até trinta dias a vencedora da licitação dará início aos trabalhos num trecho de 1,3 Km que compreende as alças e os pilares que estão sobre o mar. O custo da obra é estimado em R$ 5,1 milhões. 

As obras de restauração da Segunda Ponte envolverão a limpeza da superfície de concreto, substituição de armaduras danificadas, o preenchimento de espaços com concreto, além da recuperação da estrutura da via e troca de juntas. Por conta do edital para contratação dos serviços envolver menor preço, o trabalho não será executado durante noite ou madrugada, o que poderá gerar transtornos no trânsito, já que se trata de uma das principais ligações entre Vila Velha, Cariacica e Vitória. 

Ver comentários